GFauth

Não acredito em dólar abaixo de R$5

Viés de alta
GFauth Atualizado   
BMFBOVESPA:DOL1!   Futuro de Taxa de Câmbio de Reais por Dólar Comercial
Após uma massiva entrada de fluxo cambial externo e capitalizações de empresas no exterior, tivemos um resultado de valorização da moeda que chega a ser assustador se olharmos o quanto o mercado caiu desde o último topo. Foram 1047,5 pontos no dólar futuro, é muita coisa.

Porém, eu não vejo essa melhora econômica que sustente ou corrobore com tal melhora no cambio, pois o cambio reflete a confiança no país emissor da moeda além de expectativas futuras de crescimento, tendo em vista a valorização dessa moeda.

A perspectiva de crescimento Brasileira está minada pela taxa de Juros elevadíssima para combater o impacto inflacionário no preço de produtos, bens e serviços causado por escassez exacerbadas pela crise de 2020. Embora os juros altos chame a atenção do investidor estrangeiro, também acende um alerta de que, altos juros em um país diminuí a taxa de crescimento e representa mais risco à operação de carrego.

Sobretudo, ainda temos um fator de risco comum em países emergentes, a Eleição. O ato democrático de escolher um líder mexe com as expectativas de investidores estrangeiros e domésticos que estão buscando maior rentabilidade em maior risco, uma vez que há uma disputa pelo poder tão polarizada com visões tão diferentes sobre o fiscal do país, acaba pressionando investidores a alinharem as suas expectativas o tempo todo visto a volatilidade no mercado.

Para finalizar, uma eventual resolução no conflito do leste Europeu pode trazer as commodities à normalidade, reduzindo a rentabilidade do Brasil, que é o maior beneficiário com o aumento de preços desses produtos. Um arrefecimento imediato na bolsa pode ser esperado, mas principalmente uma saída de capital que buscou neutralidade com o conflito.

Esses três fatores aumentam a pressão no câmbio e faz o real perder força ante o dólar, tanto pela diminuição da perspectiva de crescimento do país, quando pela fuga de capital que veio aproveitar o ciclo de juros e o ciclo de commodities.

Eu acredito que o ciclo de fluxo estrangeiro está bem perto do fim e a pressão vendedora no dólar deve diminuir a partir de Abril. O preço normalizado do dólar segundo o Focus hoje está na casa de R$5,30, causando uma distorção de preço de aproximadamente 60 centavos, é muita coisa...

Na minha análise o dólar busca no mês de Abril a região de liquidez entre 5045 e 5165, podendo lateralizar nessa região. Duvido muito novas perdas dos R$5 depois disso.
Trade fechado: stop atingido:
A operação marcada em gráfico foi estopada, mas os fundamentos continuam imutáveis.
Comentário:
A ideia segue sustentada, e é tchau tchau 4 reais. br.tradingview.com/c...hart/DOL1!/UPtHda9J/
Trade fechado: objetivo atingido

Este é um estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.