Victoredbr

Clima tenso; o que esperar do petróleo !

TVC:USOIL   CFDs em Petróleo Bruto WTI
com todo o problema geopolítico que vem assolando os europeus, principalmente russos e ucranianos que tem entrado em fogo cruzado por conta de conflito e uma eminente ameaça de guerra, vamos analisar como fica o preço das commodities pelo mundo.

Petróleo Americano/WTI

eu tinha dito que o petróleo deve se depreciar com o tempo, citei no meu último artigo, mesmo com os estoques de petróleo em baixa, o petróleo deveria se depreciar com o tempo por contada falta de zerador no topo, sendo o zerador o participante market maker que dá a liquidez a todas as pontas e a falta desse zerador por exemplo pode levar ao preço cair mesmo, mas, com todo esse conflito, o que acontece é que os estoques ainda segue em baixa, dando liquidez para os participantes do mercado subir o mercado ainda mais, observe :

fluxo comprador no petróleo vem sido comprador desde 30 de novembro e deve valorizar mais por conta da escassez que vem acontecendo, e as produções não estão com tudo.

Eu sigo acreditando que mesmo com toda a valorização, a falta do zerador mais o aumento do dólar vai ser o principal catalizador para que o petróleo perca sua valorização a longo prazo. O fato do pânico de uma possível guerra + todo esse fluxo comprador ancorado na compra deve alongar ainda mais o preço do petróleo, podendo sair dessa região de liquidez e vim buscar um preço próximo aos 119 usd o barril.

Brent

As coisas pioram falando do Brent, petróleo do reino unido e referência de preço para a Petrobrás ( PETR3 / PETR4 ), que por conta de toda a tensão na europa as produções pode ser menores que o previsto, claro trazendo mais volume comprador para os contratos futuros de brent, puxando o preço ainda mais para cima.
tanto o WTI quanto o Brent tem tido muita dificuldade de quebrar o volume médio do mercado, por conta de tudo que eu tenho explicado para vocês, e claro, isso pode ser mais uma deixa para essa principal commodite mundial subir ainda mais .


O que esperar ao longo prazo

Apesar de todos os recordes que o petróleo WTI/brent vai fazer ao longo desse ano; eu ainda acredito que o mercado pode ter dificuldade de quebrar esse topo mensal
sendo um low volume node mensal e um teto natural do mercado; acredito que a falta de zerador também no topo pode acarretar em uma queda mais acentuada mais pra frente.
Então, a longo prazo, mesmo com estoques em baixa e a escassez aumentando, temos ainda um fator importante que seria a taxa de juros do Fed; se uma possível sinalização do FOMC, o dólar naturalmente pode influenciar para cotação e fazer uma correção.

Além disso, as políticas monetárias frouxas do Banco central europeu levam a uma valorização ainda maior do brent, sendo o euro , assim precisando de um aumento da taxa de juros aumentando o valor da moeda e diminuindo o valor do ativo, o mesmo com o WTI e o dólar. Temos visto políticas monetárias fracas em relação às condições que o mundo vem passando sendo mais prejudiciais à economia do que ajudando.

Comentário: parece que o clima esquentou ainda mais. Até onde vai o preço do petróleo ?

Aviso legal

As informações e publicações não devem ser e não constituem conselhos ou recomendações financeiras, de investimento, de negociação ou de qualquer outro tipo, fornecidas ou endossadas pela TradingView. Leia mais em Termos de uso.