HugoCarpegianny

Momento Histórico no Mercado Financeiro

Viés de baixa
BMFBOVESPA:IBOV   Índice IBovespa
Estamos passando por um momento marcante na economia global. Tal cenário acontece em décadas ou até séculos. Para ser franco, a última vez que aconteceu algo semelhante foi no crash econômico de 1929, onde houve uma correção de 44% em 22 dias.

É certo que o mercado corrige de tempos em temos de forma cíclica, porém não em tal velocidade de correção e com alta volatilidade como aconteceu nesse últimos 26 dias, como mostra o gráfico do Dow Jones abaixo.



Foi uma correção acentuada de 32% em 26 dias e provavelmente este pode ser apenas um fundo intermediário.

A última grande depressão econômica, como todos sabem, foi em 2008. Naquele cenário a bolsa de Nova York corrigiu 54% em 505 dias. Quase um ano! Nesta correção de 2020 o mercado corrigiu quase a metade desse número em apenas 26 dias.

Em 2008 a correção foi feita aos poucos, com correções leves, dando oportunidade aos players de entrar e sair de posições. Esta correção de 2020 foi tão acentuada que ficou muito difícil de os investidores localizar um bom time de entrada e saída das posições.

Claro, em 2008 era outro momento. Hoje, com os meios de comunicação cada vez mais veloz, a notícia do coronavírus se espalhou de forma tão rápida que houve um reflexo dessa velocidade nos gráficos do mercado.

Apenas na semana passada a Bovespa fez 4 circuit breakers! Algo histórico.

Atualmente o Ibovespa está testando um suporte próximo aos 70 mil pontos, que é um importante suporte próximo a uma zona de correção. Caso os preços entre dentro da zona a baixo dos 70 mil pontos, o esperado é que ele permaneça nesta zona de correção por muito tempo, como mostra o gráfico a baixo.



Porém, como estamos em um cenário totalmente inédito, esta análise é apenas uma especulação, pois tal cenário é novidade para todos. Não temos uma base de comparação anterior para se calcular uma margem de acerto do que irá acontecer.

Nem mesmo podemos comparar o atual momento com o momento de 1929. Os gráficos são semelhantes, mas os cenários econômicos são diferentes. Hoje temos tecnologias e diversos meios de recuperação da economia.

O que aconteceu depois de 1929?

O mercado fez um leve repique de alguns meses, porém não consegue subir mais e começa a recuar e acontece o segundo ciclo de queda que dura até 1932 e posteriormente chega ao fundo. Neste tempo, o mercado se desvalorizou aproximadamente 90%.

O que todos os analistas estão de acordo é que demorará muito tempo para que tenhamos uma recuperação saudável da economia. Os bancos centrais estão fazendo o máximo para conter tal crash, injetando volatilidade nas bolsas. Porém, mesmo com isso ainda não foi o suficiente.

Este é o momento de investir com saberia para não ser sulgado pela crise. Procurar investimentos seguros de baixo risco para alocar o capital. Além disso, é uma ótima oportunidade de aprendizagem.

Grande abraço!