leofelipesenger

S&P Cenários: voo de galinha - dead cat bounce - teste ATH

Educacional
CAPITALCOM:US500   US 500
Acho importante exercitar cenários na prática da análise técnica: ajuda a planejar ações e também a estabelecer parâmetros de acompanhamento. Estou tomando a liberdade de utilizar o termo "dead cat bounce" para descrever um dos cenários que tracei. Este termo é mais adequado para um ativo ruim e ou que já caiu muito (efetivamente em tendência de baixa), que dá uma respirada (subida), e volta a cair mais. Justifico a utilização aqui por três motivos: 1º que as médias no momento sinalizam o índice para baixo; 2º ele deveria cair mais, é saudável a continuidade do ajuste em direção a referências históricas de múltiplos (interessante o valuation do Damodaran no artigo de 19/03); e 3º por que acho o termo adequado para descrever a psicologia do mercado neste momento, há esperanças do retorno da normalidade, caso não aconteça o choque será maior (aí para o comprados só dando com um gato morto na cabeça, rsrsrs)! Dito tudo isso vamos aos cenários que tracei para o CAPITALCOM:US500 para acompanhar na semana:

1) Voo de galinha: o S&P não sobe muito mais do que subiu na semana passada e volta a cair. A região de preços em que ele fechou tem próximo duas possíveis resistências (uma inclinada) desenhadas no gráfico e média de 200 períodos do diário e 50 do semanal (não plotadas).

2) O pulo do gato morto - "Dead Cat Bounce": preço passa pelas possíveis resistências, passeia acima das médias, para depois acabar voltando e fazendo novas mínimas. Este cenário vai empolgar, por que trará esperança de um teste de ATH. Vejo a possibilidade dele se desenrolar em duas semanas.

3) Teste do ATH: os touros ressurgiram. O aumento exponencial de incertezas não abala ninguém. A festa não pode parar (como ficaria o bônus de quem trabalha no mercado financeiro). E o índice se firma acima do 4600, começa a desfazer o alinhamento de médias e vai testar o ATH. Este é um cenário que pode levar mais semanas e ele se desdobrará, dependo da trajetória, em outros cenários: por que pode ser novos ATHs ou um topo duplo.

O cenário 1 pode se concretizar rapidamente, porém a anulação dos outros dois cenários só se dará, na minha opinião, se os preços alcançarem a "R.I.P. zone", abaixo dos 4200. Ali só um milagre para salvar os comprados. Por que até lá, mesmo recuando no começo da semana, pode ser um recuo de zig zag para cima.

Grande Abraço

Leo

*não é recomendação de investimento.

Trader / Analista de Valores Mobiliários - CNPI-T 2712

Minhas publicações aqui são somente opiniões. Não são recomendações de investimento.

Conheça meu serviço de recomendação https://www.leosenger.com.br/
Aviso legal

As informações e publicações não devem ser e não constituem conselhos ou recomendações financeiras, de investimento, de negociação ou de qualquer outro tipo, fornecidas ou endossadas pela TradingView. Leia mais em Termos de uso.