lukete

IBOV: quem é testado primeiro? 93k ou 107k

BMFBOVESPA:IBOV   Índice IBovespa
*Report baseado em leitura PriceAction e em caráter educacional

- O IBOV semana passada fechou como uma barra de baixa com sombras sobressalientes e como quarta barra de baixa seguida.
- É a primeira barra que tem abertura e o segundo fechamento abaixo do fundo de nov/21(~100k) em 8 meses. Porém a barra possui características de lateralidade, portanto não é boa confirmação de rompimento.
- Uma vez que 100k é um importante número de força, os Bears querem a continuação do movimento para buscar o teste do fundo de out/20 que é um alvo mencionado em meu primeiro overview (ver link relacionado). Caso os Bears fechem essa semana com mais uma barra de baixa, as chances aumentam para que o teste do fundo de out/20 (~93k) ocorra antes do teste da da máxima de 19/mai/22 (~108k).
- A sombras inferiores das duas ultimas barras do semanal, é um sinal que há compras ocorrendo nesta região. Estas compras referem-se as realizações de lucros dos vendedores da tendência de baixa iniciada no topo histórico em jun/21 (~131k). O acumulo de compras ocasionada por estas realizações somados a novas compras podem fazer essa semana fechar como uma barra de alta. Traders institucionais abrem compras nesta região pois enxergam uma lateralidade e sabem que rompimento de lateralidades tende a falhar na maioria das vezes.
- Os Bears querem outro fechamento mais baixo para se convencerem que o rompimento foi bem sucedido, já os Bulls querem uma forte barra de alta fechando em sua máxima pois ele entenderão que a lateralidade de 8 meses ainda está em vigor e abrirão compras para testar a máxima de 19/mai/22 (~108k) que é um magneto. Uma barra de alta para esta semana formaria um fundo duplo em forma de bandeira de alta, desta forma os Bulls abrirão compras e Bears realizarão lucro acima de barras .
- Apesar da possibilidade dessa semana fechar em Alta, esta reversão é provável que seja minoritária devido a força vendedora deste o topo de abr /22.
Aviso legal

As informações e publicações não devem ser e não constituem conselhos ou recomendações financeiras, de investimento, de negociação ou de qualquer outro tipo, fornecidas ou endossadas pela TradingView. Leia mais em Termos de uso.