BMFBOVESPA:PETR4   PETROBRAS PN N2
65 vizualizações
2
Em 29/11 o papel testou a resistência de R$ 15,30 definida por uma linha de tendência de baixa terciária que já dura mais de um mês. Fechou em um candle de baixa (quase um marubozu ), porém, o volume – abaixo da média - não confirmou a tendência de baixa.

Em relação ao cenário macroeconômico, para 30/11, é esperada uma alta volatilidade do papel, devido a reunião da OPEP e a decisão sobre o corte na produção e consequentemente elevação dos preços do petróleo. Tal decisão ainda é incerta, uma vez que o Irã, um dos principais produtores, diverge do resto do grupo.

Alguns analistas também afirmam que este risco já está precificado. Porém, como ainda existe incerteza quanto ao desenrolar do acordo, acredito que o papel vai apresentar baixa, com a mudança forte e reversão da tendência caso ocorra o acordo com preços na faixa de US$ 50-60, ou permanência da tendência se o preço for cotado entre US$ 45-50. No cenário otimista, o papel tem potencial para romper a média de 21 períodos e espaço para suber até as bandas superiores em aproximadamente 18,00.

Como ainda estou aprendendo, adicionei algumas zonas de compra e venda. Mas, senti falta de uma ferramenta que definisse uma zona neutra também.