EmersonWorkando

Tendência de baixa a vista na COPASA? Ou rumo aos 20,16??

BMFBOVESPA:CSMG3   COPASA ON NM
1- Canal de alta: Linha de tendência traçada no gráfico mensal, a partir de uma máxima de 01 /08/2012, com sucessivas aproximações em Abril, Maio r Julho de 2019; até ser tocada em Agosto do mesmo ano. Ativo lateralizado, em relação a ela.
2-. Linha de Resistência: Marca o topo histórico do ativo, atingido, primeiramente num bullmarket do dia 21/08/2019; e no dia seguinte após atingir 20,16 no intraday. Este ponto de resistência só viria a ser ameaçado em 29/ 01 /2020 pouco antes da brusca queda em decorrência da pandemia. É atualmente, o alvo a ser alcançado.

3-. Linha de Suporte: Esse ponto, nos 8,85 atingidos em 25/03/2020, foi o ponto mais baixo do ativo, devido a crise sanitária do COVID-19. É desde então, o último suporte a ser alcançado, algo, de certo modo, improvável no curto e médio prazo. (A não ser, é claro, ocorra algo não recorrente, como uma pandemia).

4-. Linha de Suporte Logo após a primeira alta da bolsa, pós-pandemia, em Abril de 2020; em uma recorrente correção de mercado, a cotação chegou a 11,99 no dia 14/ 05 /2020. Porém esse ponto foi marcado como uma retomada da manada compradora que atingiu 17,89 pouco mais de 10 dias depois. Formando a resistência abaixo (5). Em 30/10/2020 o suporte foi testado após 3 meses de um mercado de baixa, sendo exatamente este toque, marcando uma reversão de mercado. Formando uma nova resistência (6) em 16,49.

5-. Linha de Resistência: Como dito acima, o ponto dos 17,89 alcançados em 27/ 05 /2020, marcou o primeiro topo pós-pandemia, em que o mesmo iria se consolidar como resistência já em 23/06 do mesmo ano. É a atual resistência a ser superada. Com sucessivos toques em 03 e 04/ 05 /2021, e após isso, conseguir manter-se próximo a linha até o presente momento. Não será surpresa se essa resistência seja rompida no curto prazo.

6-. Linha de Resistência-Suporte: Em 15 e 16/07/2020, numa tentativa de retomada para um mercado de alta (a propósito, fracassada). A região dos 16, 40 ensaiou uma resistência; o que veio a ser consolidada como tal, entre 13/ 01 e 18/ 01 /2021. Após dois meses de mercado baixista, o ativo engatou uma forte alta rompendo os 16,49 e mantendo-se acima a partir de 30/04/2021. Os mesmos 16, 40 fora testado, agora, como suporte em 12/ 05 /2021 é o suporte mais próximo do ativo.

7-. Linha de Tendência de alta: Traçada pelo fechamento do dia 02/ 05 /2021, sendo tocada, logo em seguida em 10/ 05 do mesmo ano. Desde então a alocação dessa linha se fez coerente, pois como se vê o ativo respeitou à respeitou como falso-suporte. Desde o dia 27/ 05 , vem sendo, novamente testada como suporte. Nesse dia 31/ 05 , continua se mantendo acima, porém com a chegada à região de resistência nos 17,89; não será surpresa caso essa linha de tendência perca sua funcionalidade.

8a e 8b- Intervalo de preços: Compreendendo 51 pregões, a partir de 30/10/2020 no ponto de resistência 11,99; até o término desse bullmarket na metade de Janeiro com a cotação alcançando 16,49 durante alguns dias. 8b: replicado no dia 03/03/2021 na mínima intraday em 12,86 até 17/ 05 do mesmo ano, ultimo dia do intervalo, é possível ver que já no dia 03/ 05 , o ativo já havia repetido o movimento de alta anterior.

Conclusão: Parece, que vem um período, de certo modo curto, de mercado baixista aqui em CSMG3

Comentários