iLucasAGR

CPLE E PRIVATIZAÇÕES

BMFBOVESPA:CPLE3   COPEL ON N2
BMFBOVESPA:CPLE3



A empresa de energia do Paraná Copel (CPLE), expressou uma grande alta de preços na segunda-feira 21/11/22 após o governo paranaense, controladora da empresa, declarar intenção de privatizar a mesma.
Isso pode gerar um sinal positivo no mercado a curto prazo, mas se voltarmos o olhar para uma análise técnica da precificação desse anúncio, pode ser considerado que o momento de acumular ações da empresa não esteja em conformidade com alguns princípios básicos de preços.
Julgando os papéis mais líquidos da empresa ( CPLE3 e CPLE6 ), os preços podem mostrar complicações técnicas de expressarem novas altas, já que os preços foram negociados próximo a uma linha de retorno em uma tendência de alta e deixando um padrão de reversão no pregão do dia 21, podendo significar uma correção mais significativa dessa euforia de compra, possivelmente mais um retorno à linha de tendência para então seguir uma tendência de alta mais saudável e sem o viés eufórico da notícia.

Mas vale assumir que o papel tem demonstrado um viés altista dos preços, embora o mercado brasileiro tenha demonstrado em geral, um viés contrário. No entanto, tecnicamente, a tendência tem se mostrado relativamente fraca, com volume médio diminuindo especialmente acima dos preços de fechamento acima do topo de fevereiro de 2020.
Em um cenário de alta de juros, possível recessão global e inflação global mais alta, um sinal mais forte para comprar ações da Copel devem ser esperados.

Em tempos de euforia e recessão, cuidado!

Aviso legal

As informações e publicações não devem ser e não constituem conselhos ou recomendações financeiras, de investimento, de negociação ou de qualquer outro tipo, fornecidas ou endossadas pela TradingView. Leia mais em Termos de uso.