telsonmarinho

Congestão no CCM (milho) - Eminência de um Triângulo Descendente

Viés de alta
BMFBOVESPA:CCMF2021   CORN - CASH SETTLED
Após forte tendência de alta, o CCM (milho Campinas) acabou produzindo uma sequencia de gaps (gaps de quebra, medida e exaustão) que cominaram em "trava de alta" dos preços por atingirem o limite de 5% de variação no dia. Após esse fato, vimos os vendedores dominando a atual região de preços, entretanto, não conseguiram, ate o momento, derrubar os preços de forma significativa para pensarmos em um movimento de baixa. Desta forma, entramos em uma congestão que vem esboçando a formação de um triangulo descendente, um famoso padrão de continuidade da analise técnica clássica. É importante salientar novamente que o padrão esta em formação ainda, entretanto, estamos indo buscar o suporte do gap de medida novamente, que, da primeira vez, segurou os preços acima dos R$ 80,00. A defesa desta região, pela parte dos compradores, é crucial para que possamos ter uma solidez ainda maior para a analise do triangulo descendente e isso poderá resultar no movimento "C", que será um forte indicio de que os preços poderão estar mais seguros acima dos R$ 80,00. A entrada ideal no triangulo descendente, caso venha se formar, é no ponto "E" ou no pullback do rompimento do mesmo, com isso, teremos um stop curto e um alvo longo de 100% do movimento de alta anterior, projetado para cima.

Comentários