rodolfomhn

ANÁLISE COMPLETA DO BTC

Viés de alta
BINANCE:BTCUSDT   Bitcoin / TetherUS
464 vizualizações
7
Olá a todos!
Vou expressar meu sentimento em relação ao BTC /USDT em tempos gráficos maiores em razão do nível de confiabilidade. Lembrando a todos que a análise não é um aconselhamento financeiro, senão aquilo que penso sobre o ativo. Você é único responsável pelos seus lucros e suas perdas, portanto, nunca inverta qualquer quantia em uma operação que não esteja disposto a perder.

Pois Bem.

Conforme se depreende do gráfico semanal, BTC , ao romper a LTB (linha em vermelho), iniciou a onda 1 de Elliot , na região dos $9.8k, extendendo-se até o preço médio de $19k. Houve uma diminuição do preço do ativo representado pela onda 2 de Elliot , entre a região de 0,236%-0,382% da retração de Fibo, que ficou na média de $15.9K.

Diante disso, se iniciou a onda 3 de Elliot (onda de propulsão), que, incrivelmente, bateu exatamente na região de de 2.272% da extensão de Fibo, com preço médio na região dos $34.9K, o qual coincide exatamente no topo do canal de alta (azul), facilmente vislumbrado no gráfico acima.

Ao que tudo indica, a recente queda do ativo se deve por vários fatores, entre eles a falta de BTC nas exchange para compra do ativo em grande quantidade de volume (acredite, isso existe), extensão da onda 3, indicadores e osciladores em níveis muito altos e até mesmo pela regra matemática do mercado de formação de pivot para o movimento do preço. Retrações sempre são esperadas e é normal que isso ocorra!
Ao meu ver, estamos, no momento, na onda mais difícil e complexa de todas: a onda de retração de Elliot 4. O grande segredo é saber até qual ponto ocorre sua retração.

Devemos levar em conta, incialmente, dois aspectos: a) quando a onda 2 é complexa, a 4 não será; b) quando a onda e não é complexa, a 4 será.Mas, afinal, o que é a complexidade de uma onda? Acontece quando a onda pode ir até um fundo, voltar ao topo da onda 3 (se tivermos na onda 4) ou da onda 1 (se tivermos na onda 2) e voltar ao fundo novamente, diversas vezes. Essa característica é próprias das ondas de retração 2 e 4.

No entanto, as vezes, a regra geral muitas vezes não é vista na prática, em situações no qual o ativo está muito agitado, a correção pode ser mínima e até mesmo inexistir complexidade. Portanto, a teoria é relativizada na prática.

Até o momento dessa postagem, tanto no gráfico diário como no semanal, só saberemos se a onda 4 de Elliot será complexa no gráfico quando o preço bater no topo da onda 3 ou se o preço novamente buscar fundo na região dos 28.2k ou até menos, desde que não ultrapasse a onda 1 de Elliot . A onda 4 de Elliot jamais invade a onda 1!

Dito isto, vamos ao canal de alta definido no gráfico.

Na metade do canal de alta, se vislumbra uma linha tracejada. É muito importante que a onda 4, se for definida como complexa em razão da ação do preço nos próximos candles, não perca a região dos $24.5K, que é justamente onde existe esse tracejado. É importante que o bitcoin continue fazendo topos e fundos na parte superior do canal de alta, pois se voltar abaixo, o ativo pode buscar novo fundo e ficar enfraquecido. Deve-se agir com cautela em relação a essa análise, pois o cenário pode piorar caso isso ocorra.

No final, tracei como preço final o valor de $40.6k como final da onda 5, todavia, alusiva onda pode atingir alvos de Fibo maiores dependendo da força compradora e como a mídia irá reportar o crescimento do ativo. É um bom momento para fazer entradas e saídas de forma manual.

Considerando o tempo gráfico semanal da análise, a confiabilidade é maior, porém o estudo pode levar dias para se consolidar. Trata-se de um swing trade.

Espero ter ajudado a todos.
Sucesso!
Comentário: Lembrem-se: Use Stop Loss de acordo com seu gerenciamento de risco! Eu costumo usar stoploss alto em razão da manipulação do mercado pelos grandes players, entretanto, é algo pessoal e cada um deve fazer o que for melhor para si.