Especificação da API REST do TradingView para corretoras

Esta especificação da API permite que as corretoras criem uma ponte & conectem seus sistemas de backend ao TradingView, que atua como frontend. A ponte construída usando esta especificação da API pode ser usada em 2 produtos - a Plataforma Web TradingView & o Terminal de Negociação. Verifique a página de informações para saber mais & envie email founders@tradingview.com com qualquer dúvida

Informações técnicas

Swagger

Esta especificação foi gerada usando a tecnologia Swagger . Swagger fará a maior parte do trabalho para você. Baixe a especificação do TradingView Swagger, Copie-Cole no Editor Swagger Online e gere um servidor usando 1 de 26 frameworks.

Dados e amp; Suporte de pedidos versus Pedidos somente

Quando o TradingView já possui dados que seus clientes precisarão (ou seja, certas ações, FX), você pode fazer a opção Apenas Ordens. Desta forma, você evita fornecer seus próprios dados e reduz pela metade o trabalho. Para o Terminal de Negociação, você sempre precisará fornecer dados & suporte de ordens, uma vez que é um produto autônomo que você hospeda.

Ponte do Painel de Negociação

1. Tipos de Pedidos

Todos os pedidos podem ser divididos em dois grupos - cliente e servidor.

As solicitações do cliente são executadas a partir do navegador, as solicitações do servidor são iniciadas a partir dos servidores do TradingView. Não haverá solicitações do servidor se a integração não implicar a adição de dados de corretagem ao site do TradingView.

2. Solicitações do Cliente

O site da TradingView envia solicitações para o servidor da corretora do navegador para obter uma lista de pedidos e posições, informações sobre a balança, etc. As solicitações são enviadas periodicamente e os intervalos podem ser definidos usando “/config”. Depois disso, o TradingView compara os novos dados com a resposta anterior e calcula a diferença. Se o status do pedido/posição for alterado ou novos dados aparecerem, o usuário verá uma notificação e as alterações feitas serão exibidas no Gerenciador de Contas no site.

Solicitações de colocação/modificação de pedidos, cancelamento de posições, etc. ocorrem somente após as ações do usuário.

Além disso, a partir do navegador, há uma solicitação chamada “/quotes”, que exibe o lance/pedido atual do intermediário e a solicitação chamada “/depth”, que recupera os dados do DOM Nível 2.

3. Solicitações do servidor (no caso de integração de dados)

Normalmente, uma corretora precisa conectar seus dados ao TradingView, se houver Forex ou CFD entre os símbolos. Neste caso, você precisa implementar três endpoints adicionais: “/symbol_info”, “/history” e “/streaming”.

O TradingView enviará solicitações de dados de seus servidores. Normalmente, pelo menos 4 servidores são usados. O histórico é armazenado em cache nos servidores do TradingView e fornecido ao navegador do cliente a partir de nossos servidores. A conexão com “/streaming” é realizada continuamente e recomeça em caso de desconexão. O corretor deve remover restrições desnecessárias (firewall, limites de taxa, etc.) para o conjunto de endereços IP de nossos servidores.

4. Restringindo o acesso aos dados (no caso de integração de dados)

Por padrão, os símbolos da corretora são visíveis para todos os usuários do TradingView, sem quaisquer restrições - você pode visualizar as idéias sobre eles e eles estão disponíveis na busca por símbolos. Se houver necessidade de restringir o acesso a eles, você precisará dividir ainda mais o conjunto inteiro de caracteres em grupos. Um grupo é um conjunto de símbolos que compartilham um nível de acesso comum. Qualquer usuário pode ter acesso a qualquer número desses grupos. Para fazer isso, você precisa implementar as solicitações “/groups” e “/permissions”. A consulta “/groups” permite que você especifique uma lista de grupos, e “/permissions” especifica quais grupos estão disponíveis para um usuário específico. O mesmo símbolo não pode estar em dois grupos diferentes. Na solicitação “/symbol_info”, o TradingView adicionará o argumento GET “group“ com o nome do grupo, cuja lista é fornecida pela solicitação “/groups”. Assim, o TradingView receberá informações sobre a qual grupo cada símbolo pertence. Cada usuário do TradingView que fizer login na sua conta da corretora ganhará acesso a um ou mais grupos, dependendo de “/permissions”. É importante notar que os grupos não podem ser excluídos, você só pode remover todos os símbolos de lá, então o agrupamento deve ser cuidadosamente planejado. O número de grupos para uma integração específica é limitado a 10. A quantidade máxima de símbolos em um grupo é 10K.

Como usar

Selecione sua opção de integração preferida e clique nas seções apropriadas para ver a lista de solicitações que precisam ser implementadas. Você poderá ver os parâmetros juntamente com as respostas clicando em qualquer solicitação disponível.

Testar

Você pode enviar uma solicitação para o nosso servidor de demonstração e ver uma resposta como um exemplo. Clique no botão Testar, preencha os campos obrigatórios e clique em Executar depois. Você deve poder ver a resposta do nosso servidor a sua ordem.

Use o "teste" como o login e a senha para enviar o pedido de autorização. Use '0' como o valor numérico para o parâmetro account Id nos pedidos.

PT Português
EN English
EN English (UK)
EN English (IN)
DE Deutsch
FR Français
ES Español
IT Italiano
PL Polski
SV Svenska
TR Türkçe
RU Русский
ID Bahasa Indonesia
MS Bahasa Melayu
TH ภาษาไทย
VI Tiếng Việt
JA 日本語
KO 한국어
ZH 简体中文
ZH 繁體中文
AR العربية
HE עברית
Início Rastreador de Fundamentos Rastreador de Sinais Forex Rastreador de Sinais Criptomoedas Calendário econômico Como Funciona Recursos gráficos Regras da Casa Moderadores Soluções para Corretoras & Websites Widgets Biblioteca Gráfica de Ações Solicitação de recurso Notícias do & blog FAQ Ajuda & Wiki Twitter
Perfil Configurações de perfil Conta e cobrança Meus Tíquetes de Suporte Contate o Suporte Ideias Publicadas Seguidores Seguindo Mensagens Privadas Conversa Deslogar