ReutersReuters

PSI em alta com Europa, optimismo China

O índice accionista PSI PSI20 ganha 0,21% e acompanha as subidas europeias na terça-feira, com os investidores optimistas de que a China venha a flexibilizar as suas restrições COVID-19 após os recentes protestos, segundo traders.

O Millennium bcp BCP soma 0,46% para 0,15 euros.

As acções da EDP-Energias de Portugal EDP ganham 0,66% para 4,42 euros.

A EDP Renováveis EDPR desvaloriza 0,45% para 22,05 euros. A Greenvolt GVOLT desvaloriza 1,02% para 7,79 euros.

A REN-Redes Energéticas de Portugal RENE soma 0,39% para 2,55 euros.

A petrolífera Galp Energia GALP avança 1,31% para 11,62 euros. O preço dos futuros do petróleo Brent BRN1! somam 2,37% para 85,16 euros por barril.

A Jerónimo Martins JMT desvaloriza 0,37% para 21,34 euros. Os títulos do conglomerado Sonae SON valorizam 0,63% para 0,96 euros.

O operador postal CTT CTT perde 0,16% para 3,16 euros. As acções da telecom NOS caem 0,83% para 3,84 euros.

A Corticeira Amorim COR segue estável nos 9,00 euros.

A construtora Mota Engil EGL segue estável nos 0,00 euros. As acções da Altri ALTR sobem 0,73% para 5,50 euros.

A Navigator NVG soma 0,1% para 3,84 euros.

A Semapa SEM, que controla a Navigator e é dona da cimenteira Secil, segue estável nos 14,30 euros.

No mercado secundário de dívida, a 'yield' das Obrigações do Tesouro de Portugal a 10 anos PT10Y segue a negociar nos 2,83%, contra 2,94% no último fecho.

EUROPA

As acções de energia e de cuidados de saúde levaram o mercado europeu a subir, esta terça-feira, após uma forte transferência da Ásia, onde o sentimento foi impulsionado pela especulação de que a China poderia aliviar as restrições COVID-19 após os recentes protestos.

O índice pan-europeu STOXX 600 SXXP subia 0,3% às 0805 TMG. O índice teve a sua pior sessão em quase duas semanas na segunda-feira por causa dos protestos na China e das preocupações sobre as restrições COVID, que afectam o crescimento económico na segunda maior economia do mundo.

As acções asiáticas subiram fortemente à medida que se aguarda uma conferência de imprensa dos responsáveis chineses de saúde para aumentar as apostas de que a recente agitação pública poderia provocar um alívio antecipado das restrições COVID-19.

EURO

No mercado cambial, o euro EURUSD aprecia 0,46% para 1,039 dólares. O índice do dólar DXY, que compara a moeda norte-americana contra um cabaz das seis principais moedas mundiais, recua 0,5% para 106,14 pontos. A libra aprecia 0,79% para 1,205 dólares.

Face ao iéne japonês USDJPY, o dólar desce 0,63% para 138,06 iénes. O yuan chinês USDCNY segue nos 7,161 yuan por dólar, a depreciar. Ontem,no fecho europeu, fixou nos 7,207 yuan por cada dólar.

O real brasileiro USDBRL perde 0,82% para 5,365 reais por cada dólar. O 'fixing' do Kwanza USDAOA face à moeda dos Estados Unidos USDAOA está nos 507,03 kwanzas por dólar, estável face ao 'fixing' anterior.

Join for free to get the full story
News unlock banner