ReutersReuters

Preço sobe mais de US$2 com oferta mais restrita

Os preços do petróleo subiram mais de 2 dólares por barril nesta quarta-feira, com sinais de oferta mais restrita, dólar mais fraco e otimismo quanto à recuperação da demanda chinesa.

Limitando os ganhos, a decisão da Opep+ de realizar sua reunião de 4 de dezembro virtualmente sinaliza pouca probabilidade de uma mudança de política, disse à Reuters uma fonte com conhecimento direto do assunto nesta quarta-feira.

Os contratos futuros do Brent BRN1! subiram 2,40 dólares, ou 2,8%, para 85,43 dólares por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) CL1! avançou 2,35 dólares, ou 3,01%, para 80,55 dólares.

O suporte seguiu as expectativas de uma oferta mais restrita de petróleo.

Os estoques de petróleo dos EUA caíram quase 13 milhões de barris, a maior queda desde 2019, na semana encerrada em 25 de novembro, de acordo com a Energy Information Administration.

A Agência Internacional de Energia espera que a produção de petróleo russo seja reduzida em cerca de 2 milhões de barris de petróleo por dia até o final do primeiro trimestre do ano que vem, disse seu chefe Fatih Birol à Reuters na terça-feira.

A Rússia não forneceria petróleo a países que imponham um teto de preço, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

(Reportagem de Laura Sanicola; com reportagem adicional de Rowena Edwards em Londres e Trixie Yap em Cingapura)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner