ReutersReuters

Dólar enfrenta maior perda mensal desde 2010 antes discurso Powell

O dólar deprecia, esta quarta-feira, antes de um discurso do Presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, e de um olhar sobre os dados do sector privado relativos ao emprego em Novembro, numa altura em que se aproxima da sua maior perda mensal desde finais de 2010.

A inflação da Zona Euro em Novembro mostrou a primeira desaceleração mensal desde Junho do ano passado, uma vez que os preços harmonizados no consumidor subiram apenas 10% no mês passado em comparação com as expectativas de um aumento de 10,4% em Novembro e contra a leitura final de Outubro de 10,6%.

Continua a ser cinco vezes mais do que a taxa alvo do Banco Central Europeu. Mas após quase dois anos de aceleração quase incessante da inflação, os mercados podem acolher qualquer sinal de que o pior pode já ter passado.

"A inflação global ainda é demasiado elevada e acima das projecções dos responsáveis do BCE, mas a direcção é importante. Os efeitos de base tornar-se-ão mais poderosos a partir daqui e a menos que obtenhamos outro choque energético ou alimentar, o valor principal está a descer rapidamente," tweetou Frederick Ducrozet, chefe de investigação macroeconómica no Pictet Wealth Management.

O euro subiu 0,4% para os 1,0367 dólares, saíndo de um mínimo de uma semana registado já nesta quarta-feira de 1,0319 dólares. Contra a libra, estava estável nos 86,38 pence. EURGBP

O índice do dólar norte-americano DXY caiu 0,36% para os 106,47, a partir de máximo registado durante a noite de 106,90.

Perdeu mais de 4% em Novembro, marcando o seu pior desempenho mensal contra um cabaz de seis moedas principais desde Setembro de 2010 DXY, de acordo com dados do Refinitiv.

Os investidores aumentaram as suas apostas de que a inflação atingiu o seu pico e de que a Fed irá em breve assinalar uma mudança para uma posição mais suave em matéria de política monetária, sobretudo à medida que o mundo se inclina para uma provável recessão no próximo ano.

Join for free to get the full story
News unlock banner