ReutersReuters

Minério de ferro atinge pico de 23 semanas em Dalian com apoio imobiliário na China

Os contratos futuros de minério de ferro subiram nesta terça-feira, com a referência na bolsa de Dalian atingindo seu nível mais alto em 23 semanas, sustentados por medidas da China, maior produtora mundial de aço, para intensificar o apoio a incorporadoras imobiliárias em dificuldades.

Essas são as medidas mais recentes de uma série para fortalecer o setor imobiliário, que responde por uma parcela considerável da demanda de aço da China.

"(Tais) políticas favoráveis criaram um bom ambiente de financiamento para empresas imobiliárias", disseram analistas da Huatai Futures em nota.

O minério de ferro de referência para janeiro na Dalian Commodity Exchange da China TIO1! encerrou as negociações diurnas com alta de 2,3%, a 770,50 iuanes (107,45 dólares) a tonelada. No início da sessão, o contrato subiu para 780,50 iuanes, a maior alta desde meados de junho.

O minério de ferro de Dalian subiu mais de 25% este mês, após uma liquidação em outubro, impulsionada por temores de fraqueza contínua na demanda da China devido às restrições da Covid-19 e uma crise de liquidez no setor imobiliário doméstico.

Na Bolsa de Cingapura, o contrato de janeiro mais negociado do ingrediente siderúrgico (SZZFF3) subiu 2,2%, para 99,50 dólares a tonelada.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner