ReutersReuters

Plantio de soja está muito atrasado na Argentina por seca, diz bolsa

O plantio da soja da safra 2022/23 da Argentina está muito atrasado em relação ao ano passado devido a uma seca que deixou muito pouca umidade no solo, disse a Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BdeC) nesta quinta-feira, observando que a principal área agrícola do país receberá apenas chuvas fracas nos próximos dias.

A Argentina é o maior exportador mundial de óleo e farelo de soja, mas os atrasos podem evitar o plantio de alguns produtores. O BdeC estima a área a ser plantada em 16,7 milhões de hectares.

No ciclo 21/22, foram plantados 16,3 milhões de hectares, que produziram 43,3 milhões de toneladas, segundo a bolsa.

“A falta de umidade superficial e a ausência de previsão de precipitação a curto prazo, que permita inverter o cenário atual, vão continuar a limitar o avanço das plantadeiras”, disse a BdeC, que indicou que 19,4% da área foi plantada, um atraso ano-a-ano de 19,9 pontos percentuais.

Entretanto, as previsões agroclimáticas da bolsa indicam que os campos da zona mais carente de água, no centro-leste do país, “vão ter pouca chuva (menos de 10 mm)” nos próximos sete dias.

O plantio de milho também está atrasado, disse o relatório semanal de safras da entidade. Até quarta-feira, os produtores haviam plantado 23,8% dos 7,3 milhões de hectares esperados para o cereal 22/23, um atraso de 6,2 pontos percentuais em relação ao ano anterior.

Relativamente ao trigo 22/23, a bolsa informou que continua a analisar os prejuízos que as geadas tardias causaram a lotes do cereal na zona agrícola do sul do país no final de outubro e início de novembro, e que poderá cortar novamente sua estimativa para a safra.

A Bolsa prevê uma produção de trigo na Argentina de 12,4 milhões de toneladas. A estimativa está bem abaixo dos 20,5 milhões que havia sido estimado em maio, devido ao impacto da seca histórica e das geadas tardias no mês passado.

(Por Maximilian Heath)

((Tradução Redação São Paulo 55 11 56447751)) REUTERS RS

Join for free to get the full story
News unlock banner