ReutersReuters

Dólar recupera terreno à medida que investidores reexaminam apostas sobre o Fed

O dólar subia em relação ao euro e ao iene nesta segunda-feira, com os investidores mantendo o foco na trajetória de alta da taxa de juros do Federal Reserve depois que uma autoridade alertou contra dar muito valor aos dados de inflação dos Estados Unidos divulgados na quinta-feira.

Na semana passada, o índice do dólar DXY caiu 4%, marcando sua maior queda semanal desde março de 2020, após dados mostrando que os preços ao consumidor dos EUA subiram menos do que o esperado em outubro, levando a apostas de que o Fed reduzirá o ritmo de suas altas de juros.

Mas o membro do Fed Christopher Waller sinalizou no domingo que a leitura da inflação é "apenas uma parte dos dados" e que outros números semelhantes serão necessárias para mostrar de forma convincente que a inflação está desacelerando. Waller disse que o Fed agora pode começar a pensar em caminhar em um ritmo mais lento.

Mas ainda assim, os comentários jogaram água fria nas esperanças dos investidores de uma "rápida recalibração do Fed", de acordo com Adam Button, analista-chefe de câmbio da ForexLive.

"O mercado está repensando um pouco a ação do preço da semana passada", disse Button, acrescentando que "precisa de algum tempo para digerir o enorme".

O membro do conselho do BCE, Fabio Panetta, disse nesta segunda-feira que o banco central deve continuar elevando os juros, mas precisa evitar o aperto excessivo, pois isso pode destruir a capacidade produtiva e aprofundar uma desaceleração econômica.

Dados divulgados nesta segunda-feira mostraram que a produção industrial da zona do euro aumentou muito mais do que o esperado em setembro, e a produção de agosto também foi revisada para cima, embora os economistas tenham dito que isso pode ser parcialmente devido aos fabricantes anteciparem a produção antes das interrupções relacionadas à energia neste inverno.

às 13:00 (de Brasília), o índice do dólar DXY --que mede o desempenho da moeda norte-americana frente a uma cesta de seis divisas-- subia 0,17%, a 106,910.

A libra GBPUSD devolvia 0,90%, a 1,1728 dólar, que por sua vez ganhava 0,39%, a 0,9454 franco suíço USDCHF.

(Reportagem de Sinéad Carew em Nova York)

((Tradução Redação São Paulo, +55 11 5047-3075))

Join for free to get the full story
News unlock banner