ReutersReuters

Ações defensivas compensam temores com crescimento e mercado ronda estabilidade

As ações europeias tinham pouca alteração nesta quarta-feira, uma vez que a alta das ações defensivas continha preocupações com uma crise energética iminente e perspectivas sombrias de crescimento.

Declarações "hawkish" de algumas autoridades do Federal Reserve também pesavam sobre o sentimento.

Às 8:18 (de Brasília), o índice pan-europeu STOXX 600 SXXP caía 0,03%, a 431,23 pontos, rondando mínimas de um mês pressionado pela queda de 1,2% no setor de mineração.

Mas os setores defensivos, incluindo os serviços públicos (.SX6P), lideravam os ganhos.

O índice de referência caiu por três dias consecutivos até quarta-feira, com os mercados avaliando o aumento das taxas de juros, dados econômicos sombrios, inflação alta e uma recessão potencial.

Além disso, os preços de gás de referência europeu (TRNLTTFMc1) triplicaram em pouco mais de dois meses à medida que se aproxima um inverno sem garantias de fornecimento de energia da Rússia.

Os investidores ainda mostravam cautela antes do simpósio de Jackson Hole promovido pelo Federal Reserve depois que o presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, reiterou na terça-feira o foco do banco central norte-americano no controle da inflação antes de tudo o mais.

. Em LONDRES, o índice Financial Times UK100 recuava 0,50%, a 7.450 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX DB1 caía 0,15%, a 13.174 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 PX1 perdia 0,07%, a 6.357 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib FTSEMIB tinha desvalorização de 0,21%, a 22.332 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 IBC registrava baixa de 0,29%, a 8.202 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 PSI20 valorizava-se 0,06%, a 6.270 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984))

Join for free to get the full story
News unlock banner