ReutersReuters

Preços do café oscilam perto de máxima de 4 anos no Vietnã com dólar mais forte

Os preços do café no Vietnã oscilaram perto de uma máxima de quatro anos nesta semana devido ao dólar mais forte e à falta de estoques no final da safra, disseram traders nesta quinta-feira.

Agricultores nas Terras Altas Centrais, a maior área de cultivo de café do Vietnã, vendiam café (COFVN-DAK) a 44.500-46.000 dong (1,90 - 1,97 dólar) por quilo, o mais alto para este ano-safra até agora e desde o final de agosto de 2017.

"Um dólar mais forte contribuiu para a alta, juntamente com estoques vazios", disse um trader da cidade de Ho Chi Minh.

Traders do Vietnã ofereceram café (COFVN-G25-SAI) com um desconto de 20 a 40 dólares por tonelada em relação ao contrato de novembro de Londres RC2!.

De acordo com uma pesquisa da Reuters, o Vietnã deve ter uma safra de 30 milhões de sacas de 60 kg cada em 2022/23, um pouco abaixo da temporada anterior.

"Ainda é muito cedo para estimar a produção", disse um trader do cinturão cafeeiro.

"Como os preços dos fertilizantes estiveram muito altos no ano passado, muitos agricultores mudaram para outras culturas. A produção pode ser menor nesta nova temporada."

Estima-se que as exportações de café do Vietnã tenham aumentado 18,4% nos primeiros sete meses deste ano em relação ao ano anterior, para 1,1 milhão de toneladas, o equivalente a 19 milhões de sacas de 60 kg, segundo o escritório de estatísticas.

((Tradução Redação São Paulo 55 11 56447751)) REUTERS RS

Join for free to get the full story
News unlock banner