ReutersReuters

Ações de China e Hong Kong sobem com Fed e expectativa de restrições da Covid

As ações da China e de Hong Kong começaram dezembro em alta, acompanhando os mercados globais em meio à expectativa de que o Federal Reserve dos Estados Unidos desacelere o ritmo de aumentos de juros e a sinais de algum relaxamento nas rígidas restrições anti-Covid da China.

Os mercados asiáticos estavam otimistas após ganhos em Wall Street depois que o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, abriu as portas para uma desaceleração no ritmo de aperto monetário.

Os investidores também estão apostando que a China caminha para a reabertura de sua economia, relaxando medidas draconianas anti-Covid que atingiram o crescimento, interromperam a vida e o trabalho e desencadearam protestos.

Nuno Fernandes, gestor de carteira da Emerging Wealth Equity Strategy Strategy da GW&K, disse que o impacto da estratégia anti-Covid na economia está se tornando demasiadamente elevado.

"Portanto, nossa expectativa é que eles saiam da política zero, e é isso que estamos experimentando agora. São os estágios iniciais de saída dessa política", disse ele.

A China está suavizando seu tom sobre a gravidade da Covid e diminuindo algumas restrições ao coronavírus, mesmo com o número diário de casos pairando perto de recordes.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei NI225 avançou 0,92%, a 28.226 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG HSI subiu 0,75%, a 18.736 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC 000001 ganhou 0,45%, a 3.165 pontos.

. O índice CSI300 399300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,08%, a 3.894 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI KOSPI teve valorização de 0,30%, a 2.479 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX TAIEX registrou alta de 0,90%, a 15.012 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES STI valorizou-se 0,07%, a 3.292 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 XJO avançou 0,96%, a 7.354 pontos.

(Por Redação Xangai)

Join for free to get the full story
News unlock banner