ReutersReuters

Plataforma de criptomoedas Kraken demitirá cerca de 1.100 funcionários em todo o mundo

A plataforma de criptomoedas Kraken disse nesta quarta-feira que cortará sua força de trabalho global em 30%, ou cerca de 1.100 funcionários, citando condições adversas de mercado que prejudicaram a demanda por ativos digitais neste ano.

"Desde o início deste ano, fatores macroeconômicos e geopolíticos pesaram nos mercados financeiros", disse a empresa.

A Kraken afirmou que viu uma queda nos volumes de negociação e menos inscrições de clientes, acrescentando que, com as demissões, o número total de funcionários voltará ao nível de 12 meses atrás.

No início deste mês, a Coinbase COIN demitiu funcionários das equipes de recrutamento e integração.

A Kraken, que anteriormente desacelerou as contratações e reduziu os gastos com marketing, disse que foi forçada a demissões, uma vez que esgotou outras medidas para alinhar as despesas com a demanda atual.

O colapso nas plataformas de criptomoedas arrastou o preço do bitcoin BTCUSD para cerca de uma mínima em dois anos.

Desde então, os reguladores globais têm abordado as empresas de criptomoedas, sendo que muitos buscam estabelecer regras rígidas para o setor, que é amplamente não regulamentado.

(Por Manya Saini)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner