ReutersReuters

Moedas latino-americanas esboçam alta antes de Fed

A maioria das principais moedas da América Latina estavam cautelosamente em alta nesta quarta-feira, antes de um esperado aumento da taxa de juros nos EUA nesta tarde, enquanto as ações ganhavam com uma série de balanços das duas maiores economias da região.

Apostas em uma elevação de 100 pontos-base nos juros norte-americanos levaram um índice do dólar DXY a uma máxima em 20 anos de 109,29 neste mês, mas operadores agora esperam que o Federal Reserve opte por um acréscimo de 75 pontos-base.

O índice do dólar contra uma cesta de pares de países ricos DXY subia 0,17%. Na América Latina, o real (BRBY) apreciava 0,5% e o peso chileno USDCLP valorizava-se 0,2% --ambos beneficiados pelos ganhos de preços de commodities como minério de ferro e cobre. A moeda mexicana USDMXN perdia 0,4%.

O peso colombiano USDCOP subia 0,2%, antes de uma decisão de juros pelo banco central local na sexta-feira.

No mercado de ações, balanços otimistas apoiavam os índices da região, com o MSCI (.MILA00000PUS) em alta de 0,7%, na esteira de balanços como os da unidade mexicana do Walmart WALMEX e, no Brasil, de Klabin SA KLBN3 e Carrefour Brasil CRFB3.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447757))

Join for free to get the full story
News unlock banner