ReutersReuters

Peso mexicano sobe após dados de inflação reforçarem aposta em alta de juro

A divisa do México subiu frente ao dólar nesta sexta-feira e superou outras moedas latino-americanas, depois que uma leitura pressionada de preços ao consumidor reforçou expectativas de mais aumento da taxa de juros pelo banco central do país em agosto.

O peso mexicano USDMXN apreciou 0,4%, para 20,53 por dólar, depois de a agência de estatísticas INEGI informar que na primeira quinzena de julho a taxa de inflação acelerou para 0,43% em relação à segunda quinzena de junho, contra previsão de 0,39% de pesquisa da Reuters com economistas.

"As preocupações com o crescimento nos mercados emergentes são ouvidas em alto e bom som, mas, no que diz respeito às expectativas das taxas de juros, a inflação está firmemente no controle", disse Natalia Gurushina, economista de renda fixa de mercados emergentes da VanEck.

O rublo russo (RUBUTSTN=MCX) desvalorizou cerca de 3% em relação ao dólar, após o banco central local cortar as taxas de juros, pela quarta vez neste ano, em 150 pontos-base (ritmo maior que o esperado), para 8%.

O peso chileno USDCLP chegou ao fim da tarde com perdas de 2,4%, mas ainda ganhou 2,1% na semana, após o banco central do Chile anunciar um programa de intervenção de 25 bilhões de dólares para sustentar a moeda, que atingiu uma série de mínimas recordes nas últimas semanas.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447757))

Join for free to get the full story
News unlock banner