ReutersReuters

Crescimento do PIB da Alemanha aumenta expectativas de recessão menos severa

A economia da Alemanha cresceu um pouco mais no terceiro trimestre do que o sugerido por números preliminares, ampliando os sinais de que uma esperada recessão não será tão forte quanto inicialmente temido, mostraram dados nesta sexta-feira.

A maior economia da Europa expandiu 0,4% no terceiro trimestre sobre os três meses anteriores e 1,3% na base anual, ajustada para efeitos de preço e calendário, disse o escritório federal de estatísticas

Analistas consultados pela Reuters esperavam que a economia crescesse 0,3% na base trimestral e 1,2% na anual.

Os gastos das famílias foram a principal razão para o aumento, pois os consumidores viajaram e saíram mais depois que quase todas as restrições da pandemia foram levantadas.

"Não é de forma alguma uma conclusão inevitável que o crescimento do PIB do terceiro trimestre marca o fim das taxas de crescimento positivas por enquanto", disse o economista-chefe do VP Bank Thomas Gitzel, que acrescentou que o quarto trimestre também pode ser positivo.

Thomson Reuters

O governo prevê que a economia crescerá 1,4% este ano e contrairá 0,4% no próximo ano.

(Reportagem de Rene Wagner, Klaus Lauer e Miranda Murray)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984))

Join for free to get the full story
News unlock banner