ReutersReuters

Desconto do óleo de girassol sobre óleo de soja atinge maior nível em 9 meses

O desconto do óleo de girassol para o concorrente óleo de soja subiu esta semana para o nível mais alto em mais de 9 meses, com os principais exportadores Ucrânia e Rússia oferecendo agressivamente o produto para reduzir seus estoques, disseram autoridades do setor à Reuters.

O desconto pode levar compradores como Índia e países europeus a aumentar as compras de óleo de girassol nos próximos meses e reduzir a compra de óleo de soja, o que pode pesar em seus preços (BOc1).

"As vendas de óleo de girassol estão aumentando, pois os preços são competitivos. Em vez do prêmio usual, agora ele está disponível com desconto em relação ao óleo de soja", disse Sandeep Bajoria, presidente da Associação Internacional de Óleo de Girassol.

O óleo de girassol vinha sendo negociado com um prêmio em relação ao óleo de soja durante a maior parte de 2022, depois que a invasão da Ucrânia pela Rússia interrompeu o fornecimento da região do Mar Negro.

No início desta semana, o desconto para o óleo de soja aumentou para cerca de 100 dólares por tonelada, uma máxima desde fevereiro de 2022. O prêmio sobre o óleo de palma também caiu para cerca de 250 dólares por tonelada, de cerca de 500 dólares no mês anterior.

Atualmente, o óleo de girassol bruto está sendo oferecido na Índia por cerca de 1.300 dólares a tonelada, incluindo custo, seguro e frete (CIF) para embarques em dezembro, em comparação com 1.320 dólares para o óleo de soja bruto.

Thomson Reuters

O esmagamento de sementes de girassol ganhou força na Rússia, que está oferecendo o óleo a preços competitivos para reduzir os estoques, enquanto os vendedores na Ucrânia estão tentando aproveitar a passagem segura para exportar estoques estagnados, disse um negociante de Cingapura com uma empresa de comércio global.

Estoques da safra passada também estavam disponíveis na Rússia e na Ucrânia, o que pressionará os preços nos próximos meses, disse ele.

O Mar Negro é responsável por 60% da produção mundial de óleo de girassol e 76% das exportações.

A Índia, o maior importador mundial de óleo de girassol, pode importar 230.000 toneladas em dezembro, ante 180.000 toneladas estimadas em novembro e 144.934 toneladas em outubro, disse um negociante de Mumbai com uma trading global.

"Alguns meses atrás, os suprimentos eram limitados. Agora, junto com a Rússia e a Ucrânia, a Turquia e a Argentina também estão oferecendo o óleo", disse ele.

(Por Rajendra Jadhav)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner