ReutersReuters

Criação de empregos no setor privado dos EUA desacelera em novembro, diz ADP

O setor privado dos Estados Unidos criou muito menos vagas de trabalho do que o esperado em novembro, sugerindo que a demanda por mão de obra está esfriando em meio aos juros altos, mostrou uma pesquisa nesta quarta-feira.

O setor privado criou 127 mil novos postos de trabalho em novembro, mostrou o Relatório Nacional de Emprego da ADP. Os dados de outubro não foram revisados para mostrar 239 mil empregos criados. Economistas consultados pela Reuters previam que o setor criaria 200 mil empregos.

O relatório da ADP, desenvolvido em conjunto com o Laboratório de Economia Digital de Stanford, foi publicado antes do relatório de emprego mais abrangente e acompanhado de perto do Departamento do Trabalho dos EUA. O dado referente a novembro será divulgado na sexta-feira.

Sem a expectativa de ganhos de empregos no setor governamental, a projeção é de que a criação de vagas fora do setor agrícola tenha avançado em 200 mil. A economia dos EUA criou 261 mil empregos em outubro.

O crescimento do emprego está diminuindo gradualmente à medida que os aumentos agressivos dos juros do Federal Reserve reduzem a demanda na economia. Ainda assim, a demanda por mão de obra continua forte.

Havia 1,9 vaga de emprego para cada trabalhador desempregado nos EUA em setembro.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

((Tradução Redação São Paulo, +55 11 5047-3075))

Join for free to get the full story
News unlock banner