ReutersReuters

Café arábica ganha quase 4% com traders de olho na produção do Brasil

Os futuros do café arábica da ICE subiram quase 4% nesta terça-feira, com os traders ainda preocupados com as perspectivas para a safra do ano que vem no Brasil, maior produtor, enquanto o açúcar bruto subiu ligeiramente.

CAFÉ

* O café arábica de março KC2! fechou em alta de 6,05 centavos, ou 3,7%, a 1,689 dólar por libra-peso, tendo atingido uma máxima de duas semanas durante a sessão.

* Embora os estoques de arábica da ICE continuem subindo (KC-TOT-TOT), aqueles pendentes de classificação começaram a cair, o que significa que a tendência de alta nos estoques totais deve terminar oportunamente.

* O café robusta de janeiro RC1! subiu 4 dólares, ou 0,2%, para 1.859 dólares a tonelada.

* Estima-se que as exportações de café do Vietnã nos primeiros 11 meses deste ano tenham aumentado 10,2% em relação ao mesmo período do ano passado, para 25,6 milhões de sacas de 60 kg, mostraram os dados.

AÇÚCAR

* O açúcar bruto de março SB1! avançou 0,15 centavo, ou 0,8%, a 19,53 centavos de dólar por libra-peso, tendo atingido uma mínima de 2 semanas e meia na segunda-feira.

* No entanto, os operadores disseram que, com os fundos agora mantendo uma grande posição comprada, é improvável que tentem empurrar os preços muito mais para cima.

* "O mercado agora pode ficar preso na faixa de 19,00-20,00 centavos por algum tempo", disse um corretor dos EUA, acrescentando que a compra de fundos parecia limitada à frente e as usinas brasileiras provavelmente teriam um forte final de temporada, pois ainda há uma grande quantidade de cana a ser processada.

* O açúcar branco de março SF1! subiu 5,10 dólares, ou 1,0%, para 533,70 dólares a tonelada.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Maytaal Angel; com reportagem adicional de Sybille de La Hamaide em Paris)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner