ReutersReuters

Ações da China saltam após expectativa de reabertura alimentar apetite por risco

As ações chinesas reverteram as perdas recentes nesta terça-feira, com os investidores apostando que os sinais de descontentamento civil poderiam provocar uma flexibilização das rígidas restrições contra a Covid-19.

O mercado também comemorou uma flexibilização dos regulamentos sobre a captação de recursos para incorporadoras.

O índice CSI 300 399300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 3,09%, marcando a melhor sessão em três semanas, enquanto o índice de Xangai 000001 subiu 2,31%, para máxima em duas semanas. O índice Hang Seng de Hong Kong HSI teve alta de 5,24%, e as ações da tecnologia HSTECH saltaram quase 8%.

A euforia desta terça-feira apagou o desespero da sessão anterior, quando as preocupações com o aumento das infecções por Covid-19 e os sinais de agitação haviam abalado os mercados.

A polícia começou a investigar alguns dos participantes dos protestos nesta terça-feira.

"O governo deve estar preocupado com o descontentamento generalizado. Se a repressão não for a escolha, a reabertura é a opção", disse Yuan Yuwei, gerente de fundos de hedge na Water Wisdom Asset Management.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei NI225 recuou 0,48%, a 28.027 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG HSI subiu 5,24%, a 18.204 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC 000001 ganhou 2,31%, a 3.149 pontos.

. O índice CSI300 399300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 3,09%, a 3.848 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI KOSPI teve valorização de 1,04%, a 2.433 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX TAIEX registrou alta de 1,05%, a 14.709 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES STI valorizou-se 1,12%, a 3.276 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 XJO avançou 0,33%, a 7.253 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984))

Join for free to get the full story
News unlock banner