ReutersReuters

BCE em risco de não fazer o suficiente para combater inflação, diz Knot

O Banco Central Europeu está em risco de não apertar a política o suficiente para combater a inflação, disse o chefe do banco central holandês, Klaas Knot, esta segunda-feira, acrescentando que é realmente necessária uma desaceleração económica para arrefecer o crescimento dos preços.

O BCE aumentou as taxas em 200 pontos base combinados desde Julho, uma vez que a inflação está a exceder todas as expectativas, mas alguns decisores de política, incluindo o economista-chefe Philip Lane, defenderam recentemente um abrandamento do ritmo de subida das taxas.

"A minha preocupação continua a ser a inflação, inflação, inflação", disse Knot, disse este 'falcão' numa conferência.

"Enquanto os riscos para as nossas perspectivas de inflação estiverem tão claramente inclinados para o lado positivo, penso que o risco de fazermos muito pouco é claramente mais pronunciado do que de fazermos muito", acrescentou ele. "Não devemos desistir demasiado cedo e não cantar vitória demasiado cedo"

Por enquanto, o BCE continua a proporcionar acomodação, argumentou Knot, e o passo seguinte será entrar em território que restringe o crescimento.

O BCE irá reunir-se a 15 de Dezembro e os decisores de política parecem estar divididos entre um aumento de 50 e 75 pontos e base na taxa de depósito de 1,5%.

Join for free to get the full story
News unlock banner