ReutersReuters

Minério de ferro amplia perdas com aumento de casos de Covid na China

Os contratos futuros de minério de ferro na bolsa de Dalian ampliaram suas perdas pela terceira sessão consecutiva nesta quarta-feira, já que as preocupações com o aumento dos casos de Covid-19 na China, maior produtora mundial de aço, pesaram sobre o sentimento do mercado.

O minério de ferro mais negociado em janeiro na Dalian Commodity Exchange da China TIO1! encerrou as negociações do dia com queda de 0,4%, a 732,5 iuanes (102,44 dólares) a tonelada.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência em dezembro (SZZFZ2) subiu 1,7%, para 95,05 dólares a tonelada.

Quaisquer esperanças de ganhos decorrentes de um aumento na demanda advindo das medidas para apoiar o setor imobiliário da China foram eliminadas pela perspectiva de aumento da oferta, disse o ANZ, em nota.

No Brasil, as exportações médias diárias de minério de ferro no primeiro terço de novembro estavam acima dos níveis do ano anterior, enquanto na Austrália, o terminal de exportação a granel Port Hedland estabeleceu um recorde de fluxos no mês de outubro, acrescentou a nota.

(Por Matthew Chye)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner