ReutersReuters

Vale Indonesia assina acordo com chinesas para projeto de níquel de US$2 bi

A mineradora de níquel PT Vale Indonesia INCO assinou nesta terça-feira acordo de investimento com a chinesa Shandong Xinhai Technology Co. Ltd e uma unidade da China Baowu Steel Group Corp. Ltd para desenvolver uma planta de processamento na ilha de Sulawesi.

A presidente-executiva da Vale Indonesia, Febriany Eddy, disse que o projeto, localizado em Bahodopi, no distrito de Morowali, custaria cerca de 2,1 bilhões de dólares.

“Com esta assinatura, podemos prosseguir e acelerar o trabalho de construção em campo para que possa ser concluído até 2025, o mais tardar”, disse ela durante a cerimônia de assinatura do acordo.

Pelo acordo, as empresas formarão uma joint venture, com a Vale detendo 49% de participação. Shandong Xinhai e Baowu, por meio de sua subsidiária Taiyuan Iron & Steel (TISCO), controlariam juntos 51%, disse o diretor financeiro da Vale, Bernardus Irmanto, a repórteres.

O projeto Bahodopi produzirá ferroníquel com 73.000 toneladas a 80.000 toneladas de níquel por ano, disse ele, observando que os parceiros também estão discutindo a possibilidade de adicionar uma planta de aço inoxidável no futuro.

Wang Wenlong, presidente da Shandong Xinhai, disse na cerimônia de assinatura que o projeto Bahodopi será a primeira usina de níquel na Indonésia a ser alimentada com gás natural liquefeito.

Em Pomalaa, outra área da ilha de Sulawesi, a Vale e seus parceiros estão desenvolvendo uma planta para produzir 120 mil toneladas por ano de precipitado de hidróxido misto, material extraído do minério de níquel que seria usado em baterias para veículos elétricos.

(Por Bernadette Christina Munthe; Escrito por Fransiska Nangoy)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner