ReutersReuters

Wall St ganha com dados económicos a dissipar receios crescimento

As acções dos Estados Unidos subiram, esta sexta-feira, impulsionadas por ganhos animadores, capacidade nos gastos dos consumidores e sinais de que a inflação está a atingir um pico, aliviando as preocupações sobre um forte abrandamento do crescimento económico.

Todos os 11 principais sectores do S&P avançaram na negociação matinal, com os sectores das tecnológicas (S5INFT) e dos bens e serviços não-essenciais (S5COND) a crescerem 2,2% cada um.

A Ulta Beauty (ULTA) ganhou 11,1%, ao ser a que mais subiu no índice S&P 500, depois de a retalhista de produtos de beleza ter apresentado fortes resultados no primeiro trimestre, apoiados pela flexibilização das restrições COVID-19.

A Dell Technologies Inc (DELL) avançou 11,6%, depois de ter registado lucros e receitas trimestrais animadores, uma vez que as empresas investiram fortemente no apoio ao trabalho híbrido.

O relatório do Departamento de Comércio mostrou que os gastos dos consumidores aumentaram 0,9% em Abril, acima do esperado, e que a inflação subiu a um ritmo mais lento, aumentando a esperança de que a Reserva Federal não eleve as taxas de forma tão agressiva como se pensava anteriormente.

O crescimento das despesas de Março foi também revisto para 1,4% de 1,1%. O índice de preços das despesas de consumo pessoal, indicador de inflação preferido da Fed, ganhou 0,2% no mês passado, depois de ter subido 0,9% em Março.

Continue lendo
Entre ou inscreva-se em uma conta TradingView gratuita, e desfrute de um acesso sem restrições às notícias financeiras globais, em tempo real.