ReutersReuters

Rendimentos sobem com melhora do sentimento de risco e com Fed em foco

Os rendimentos dos Treasuries subiam nesta segunda-feira, à medida que o sentimento de risco melhorava antes de uma semana agitada que incluirá a ata da última reunião do Federal Reserve e nova oferta de dívida de curto e médio prazos.

Os rendimentos mais longos caíram de máximas de três anos e meio anos, conforme a queda acentuada das ações aumentou a demanda pela segurança da dívida e investidores se preocuparam com a probabilidade de os planos agressivos do Fed de aumento da taxa de juros pudessem levar a economia para uma recessão.

No entanto, os mercados de ações podem ser impulsionados nesta semana pela demanda de fim de mês por ajuste de carteira, disse Michael Lorizio, operador sênior de renda fixa da Manulife Investment Management.

Uma forte queda nas expectativas de inflação, medidas pelos títulos indexados à inflação, estará no foco, pois pode refletir a confiança crescente de que os planos "hawkish" do Fed para conter o aumento das pressões sobre os preços acabarão se mostrando eficazes.

A taxa de inflação implícita dos títulos protegidos contra a inflação (Tips) (USBEI5Y=RR) de cinco anos, uma medida da inflação média anual esperada para os próximos cinco anos, estava em 2,92% nesta segunda-feira, depois de atingir um pico de 3,62% no mês passado.

A ata da reunião de maio do Fed a ser divulgada na quarta-feira provavelmente mostrará que o banco central dos EUA continua empenhado em apertar a política monetária a um ritmo acelerado enquanto combate a inflação em máxima de quatro décadas.

Operadores de juros futuros estão precificando aumentos de 0,50 ponto percentual para cada uma das reuniões do Fed em junho e julho, e uma forte possibilidade do mesmo em setembro. A taxa de referência do Fed deve subir para 3,03% até março, de 0,83% agora. (FEDWATCH), (USONFFE=)

Às 11:27 (de Brasília), o rendimento do Treasury de dez anos (US10YT=RR) --referência global para decisões de investimento-- subia 3,20 pontos-base, a 2,8189%.

O rendimento do Treasury de dois anos (US2YT=RR) --que reflete apostas para os rumos das taxas de juros de curto prazo-- subia 1,90 ponto-base, a 2,6016%.

A diferença entre os rendimentos dos Treasuries de dez e dois anos (US2US10=RR) --vista como um indicador de expectativas econômicas-- subia 1,41 ponto-base, a 21,37 pontos-base.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984))

REUTERS CMO JCG

Continue lendo
Entre ou inscreva-se em uma conta TradingView gratuita, e desfrute de um acesso sem restrições às notícias financeiras globais, em tempo real.