ReutersReuters

Dólar firme com procura de segurança, euro olha além da vitória de Macron

O dólar subiu, na segunda-feira, à medida que os investidores procuravam uma maior segurança devido às incertezas sobre as perspectivas de crescimento global e ganhou terreno mesmo em relação ao euro, apesar da confortável vitória eleitoral do Presidente francês, Emmanuel Macron, sobre a rival de extrema-direita, Marine Le Pen.

O índice do dólar DXY subiu 0,2% para 101,3 ao testar o máximo de 2 anos de 101,33 da semana passada.

"Com as eleições francesas fora do caminho, o mercado começa a focar-se noutras preocupações. Os mercados bolsistas estão no vermelho, esta manhã, e essa aversão ao risco beneficiou geralmente o dólar, o que levou o euro a descer um pouco mais", disse Sim Moh Siong, estratega de divisas no Banco de Singapura.

"Há três grandes forças que impulsionam os mercados e todas são preocupações", disse ele, apontando para os receios sobre se a economia dos EUA e global podem resistir a uma Reserva Federal cada vez mais 'hawkish', preocupações com o crescimento chinês devido a confinamentos para evitar a propagação da COVID-19 e o choque nas mercadorias causado pela guerra Rússia-Ucrânia.

Join for free to get the full story
News unlock banner