ReutersReuters

Mineradoras e balanços impulsionam ações ao fim de abril agitado

As ações europeias subiram nesta sexta-feira para máxima em uma semana, após balanços corporativos fortes e um rali nos papéis de mineradoras impulsionarem o apetite por risco ao final de um mês volátil, dominado por preocupações com a desaceleração do crescimento global.

O índice pan-europeu STOXX 600 SXXP fechou em alta de 0,74%, a 450,39 pontos, e reduziu suas perdas mensais para 1,2%. O rali desta sexta-feira perdeu algum brilho depois que Wall Street abriu em baixa, sob o peso de resultados de Amazon AMZN e Apple AAPL.

As mineradoras (.SXPP) ganharam 2,5% nesta sexta-feira, devido ao avanço dos preços do cobre e do minério de ferro após Pequim prometer apoio econômico, o que alimentou esperanças de demanda sustentada.

O índice de metais e mineração (.SXPP) marcou seu primeiro declínio mensal em quatro meses, conforme os lockdowns na China pesavam. O índice já recuou quase 10% em relação às máximas em 14 anos que alcançou na semana passada.

Analistas esperam que o lucro das empresas do STOXX 600 cresça 27,1% no primeiro trimestre e 13,7% no segundo trimestre, segundo dados Refinitiv IBES, com o maior impulso vindo das empresas de energia.

Em LONDRES, o índice Financial Times UK100 avançou 0,47%, a 7.544,55 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX DAX subiu 0,84%, a 14.097,88 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 PX1 ganhou 0,39%, a 6.533,77 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib FTSEMIB teve valorização de 0,82%, a 24.252,16 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 IBC registrou alta de 0,85%, a 8.584,20 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 PSI20 desvalorizou-se 0,04%, a 5.930,01 pontos.

((Tradução Redação Brasília))

Join for free to get the full story
News unlock banner