ReutersReuters

Microsoft acerta lançamento de 'Call of Duty' para consoles da Nintendo por 10 anos

A Microsoft MSFT fechou um acordo de 10 anos para trazer o jogo "Call of Duty" para as plataformas da Nintendo 7974, disse o diretor executivo da Microsoft Gaming, Phil Spencer, em uma postagem no Twitter nesta quarta-feira.

O acordo trará a popular série de tiro em primeira pessoa da Activision Blizzard ATVI para os consoles da Nintendo.

O anúncio ocorre depois que a planejada aquisição da Activision pela Microsoft levantou preocupações entre os órgãos reguladores de que o negócio poderia sufocar a concorrência. A rival Sony 6758 criticou a potencial transação e até pediu um veto regulatório.

O presidente da Microsoft, Brad Smith, tuitou que "nossa aquisição trará Call of Duty para mais jogadores e mais plataformas do que nunca ... Qualquer dia que a @Sony quiser sentar e conversar, ficaremos felizes em fechar um acordo de 10 anos para PlayStation também".

No início deste ano, o chefe de jogos da Sony, Jim Ryan, chamou de "inadequada" uma oferta da Microsoft para manter a série "Call of Duty" no PlayStation por três anos após o acordo atual.

"Acho que esta é uma tentativa da Microsoft de pressionar a Sony a assinar um acordo com a Activision e tornar mais fácil para a Microsoft concluir e fechar o negócio com a Activision", disse Serkan Toto, fundador da consultoria Kantan Games.

Funcionários da Sony não estavam imediatamente disponíveis para comentar.

As ações da Nintendo fecharam em alta de 0,3% após o anúncio da Microsoft, contra a queda de 0,7% do Nikkei NI225 e o recuo de 1,3% das ações da Sony.

(Por Kiyoshi Takenaka, Kantaro Komiya e Mariko Katsumura)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner