ReutersReuters

Pai do iPod lança nova carteira de criptomoedas

Tony Fadell, executivo do Vale do Silício conhecido como pai do iPod, revelou nesta terça-feira seu mais recente projeto - uma carteira física usada para armazenar criptomoedas offline.

Fadell, 53, passou quase uma década na Apple AAPL sob o comando de Steve Jobs, onde supervisionou o design do reprodutor de música portátil e, mais tarde, ajudou a criar o aparelho mais conhecido da empresa, o iPhone.

Depois de deixar a Apple, em 2008, ele lançou a Nest Labs, uma empresa de dispositivos domésticos inteligentes. A Nest foi depois comprada pelo Google por 3,2 bilhões de dólares.

Agora, Fadell se uniu à empresa de tecnologia francesa Ledger para projetar uma nova carteira de criptomoedas.

A negociação de criptomoedas requer o uso de chaves criptografadas complexas, usadas para autorizar transações. Essas chaves geralmente são armazenadas online, por exemplo, em uma troca no ambiente digital, o que pode deixá-las mais suscetíveis a hackers ou roubos.

O recente colapso da FTX, que viu mais de 1 bilhão de dólares em fundos de clientes desaparecer, provocou um aumento sem precedentes na demanda por serviços offline ou de "autocustódia", como a Ledger.

Modelos anteriores lançados pela empresa, como o Nano S e o Nano S, foram desenhados como cartões de memória USB. O novo design de Fadell, a Ledger Stax, é um dispositivo do tamanho de um cartão de crédito.

"Todo o hardware seguro até este ponto era como todos os tocadores de MP3 antes do iPod, e era hora de um iPod", disse Ian Rogers, diretor de experiência da Ledger.

Fadell já havia expressado ceticismo em relação a alguns elementos da "Web 3.0", termo que abrange várias tecnologias descentralizadas de próxima geração, incluindo criptomoedas e o metaverso.

A Ledger Stax será vendido por 279 dólares a partir de 2023.

(Por Martin Coulter)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner