ReutersReuters

Ações caem e dólar sobe após fortes dados de emprego nos EUA

As ações caíam nesta sexta-feira, enquanto o dólar ganhava terreno e os rendimentos dos Treasuries subiam, conforme investidores apostavam numa resposta mais dura do que o esperado te do Federal Reserve a um forte relatório de empregos dos Estados Unidos, depois que empregadores contrataram mais trabalhadores do que o esperado em novembro e aumentaram os salários.

O Departamento do Trabalho dos EUA informou que a criação de vagas fora do setor agrícola foi de 263 mil empregos no mês passado, em comparação com expectativas de economistas de abertura de 200 mil empregos. O salário médio por hora subiu 0,6%, ante 0,5% em outubro.

O relatório, que veio dois dias depois de o chair do Fed, Jerome Powell, dizer que poderia ser hora de desacelerar o ritmo das altas de juros, fez investidores questionarem se o banco central norte-americano seria capaz de seguir sua sugestão.

Após o relatório, operadores apostavam que o Fed elevará sua taxa de juros da faixa atual de 3,75% a 4% para 4,92% em março de 2023 e para faixa de 5% a 5,25% em maio, com base nos preços de contratos futuros e na ferramenta Fedwatch da CME. Antes do relatório, a taxa terminal prevista era de 4,75% a 5%.

O dólar saltava com o apoio dos dados e da alta dos rendimentos dos Treasuries.

Nesta tarde, o índice Dow Jones DJI caía 0,14%, a 34.347,78 pontos. O S&P 500 SPX perdia 0,37%, a 4.061,29 pontos, enquanto o Nasdaq IXIC recuava 0,86%, a 11.383,31 pontos.

O índice pan-europeu STOXX 600 SXXP fechou em queda de 0,11%, a 443,49 pontos.

O índice de ações globais da MSCI IACWI recuava 0,84%.

No mercado de câmbio, o índice do dólar DXY --que mede o desempenho da moeda norte-americana frente a uma cesta de seis divisas-- subia 0,33%, a 105,010.

O euro EURUSD tinha queda de 0,35%, a 1,0485 dólar, que ao mesmo tempo avançava 0,07%, a 135,36 ienes USDJPY.

A libra GBPUSD devolvia 0,07%, a 1,2244 dólar, que por sua vez ganhava 0,30%, a 0,9397 franco suíço USDCHF.

O dólar australiano AUDUSD, muitas vezes tido como uma "proxy" de demanda por risco, desvalorizava-se 0,40%, a 0,6782 dólar norte-americano.

Na renda fixa, o rendimento do Treasury de dez anos US10Y --referência global para decisões de investimento-- subia 6,30 pontos-base, a 3,5902%.

O yield do Treasury de dois anos (US2YT=RR) --que reflete apostas para os rumos das taxas de juros de curto prazo-- tinha alta de 9,60 pontos-base, a 4,3503%.

A diferença entre os rendimentos dos Treasuries de dez e dois anos (US2US10=RR) --vista como um indicador de expectativas econômicas-- caía 3,09 pontos-base, a -76,01 pontos-base.

Já entre as commodities, o petróleo Brent BRN1! subia 0,04 dólar, ou 0,05%, a 86,92 dólares por barril, às 13:27 (de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos (WTI) CL1! avançava 0,24 dólar, ou 0,30%, a 81,46 dólares por barril.

O ouro à vista GOLD perdia 0,75%, a 1.789,34 dólares a onça troy.

No universo das criptomoedas, o bitcoin BTCUSD tinha queda de 0,36%, a 16.916,00 dólares. O ether ETHUSD avançava 0,11%, a 1.277,90 dólares.

((Tradução Redação Brasília))

Join for free to get the full story
News unlock banner