ReutersReuters

Unidade de veículos elétricos da Evergrande suspende produção, dizem fontes

A unidade de veículos elétricos da China Evergrande suspendeu a produção em massa de seu único modelo devido à falta de novos pedidos, disseram duas fontes com conhecimento do assunto.

O China Evergrande New Energy Vehicle Group 708 disse em meados de setembro que iniciou a produção em massa do modelo Hengchi 5 em uma fábrica na cidade de Tianjin, no norte, e no final de outubro disse que entregou seus primeiros 100 carros.

No entanto, a empresa interrompeu a produção porque não há novos pedidos suficientes para o utilitário esportivo elétrico, disseram as fontes.

As fontes também disseram que muitos funcionários ainda não receberam os salários de outubro e novembro.

A Evergrande não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Duas outras fontes disseram que alguns trabalhos ainda estavam em andamento. Um deles disse que a unidade planejava demitir 10% dos trabalhadores e suspenderia o pagamento de salários a 25% de seus trabalhadores por 1 a 3 meses.

Não ficou imediatamente claro por quanto tempo a produção em massa ficaria suspensa.

O grupo anunciou a unidade de veículos elétricos como a chave para seus planos de transformação, com o presidente Hui Ka Yan prometendo mudar o principal negócio do grupo dentro de 10 anos de imóveis para o empreendimento automotivo e fabricar 1 milhão de veículos por ano até 2025.

Em julho, a unidade informou ter recebido pré-encomendas não vinculativas de mais de 37 mil unidades do Hengchi 5.

(Por Zhang Yan e Julie Zhu; reportagem adicional de Cui Zhuzhu)

((Tradução Redação São Paulo))

Join for free to get the full story
News unlock banner