ReutersReuters

Com receios sobre PEC, Ibovespa começa dezembro em queda e dólar fica estável

Veja como fecharam nesta quinta-feira os mercados no Brasil, Estados Unidos e Europa, além das movimentações nas cotações de petróleo e commodities agrícolas.

BOVESPA-Índice começa dezembro em queda com incertezas ainda no horizonte

O Ibovespa fechou em queda, tendo ações de consumo entre as maiores quedas, com dúvidas sobre o rumo fiscal o país e o reflexo disso nas taxas de juros e no crescimento econômico ainda minando o primeiro pregão de dezembro.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa IBOV caiu 1,39%, a 110.925,60 pontos, de acordo com dados preliminares. A queda ocorre após duas altas seguidas, período em que acumulou alta de 3,4%.

CÂMBIO-Dólar fica estável com moderação da inflação nos EUA contrapondo receio sobre PEC da Transição

O dólar fechou perto da estabilidade frente ao real, com a fraqueza internacional da divisa norte-americana, após dados terem mostrado arrefecimento da inflação nos Estados Unidos, dividindo atenções com receios domésticos sobre a PEC da Transição.

A moeda norte-americana à vista (BRBY) teve variação negativa de 0,03%, a 5,1979 reais na venda, renovando seu patamar de encerramento mais baixo desde o último dia 9 (5,1845), depois de já ter despencado quase 4% no acumulado dos três pregões anteriores.

Na B3, o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento (DOLc1) subia 0,28%, a 5,2280 reais.

JURO-Veja o fechamento das taxas dos principais contratos de DI

Mês

Ticker

Taxa (% a.a.)

Ajuste anterior (% a.a.)

Variação (p.p.)

JAN/23

(DIJF23)

13,672

13,68

-0,008

JAN/24

(DIJF24)

13,98

13,915

0,065

JAN/25

(DIJF25)

13,13

13,03

0,1

JAN/26

(DIJF26)

12,875

12,745

0,13

JAN/27

(DIJF27)

12,75

12,65

0,1

BOLSA EUA-Wall St fecha com desempenho misto; perdas da Salesforce pressionam Dow

Wall Street encerrou com desempenho misto, com uma onda de vendas na Salesforce pesando sobre o Dow Jones, enquanto operadores digeriram dados dos Estados Unidos que sugeriram que os aumentos de juros do Federal Reserve estão tendo efeito na economia.

O S&P 500 recuou 0,08%, para 4.076,79 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq ganhou 0,13%, para 11.482,45 pontos. O Dow Jones caiu 0,56%, para 34.396,53 pontos.

BOLSA EUROPA-Ações fecham em pico em mais de três meses sob impulso do discurso de Powell e China

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou no maior nível em mais de três meses, com investidores comemorando as sinalizações do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, de aumentos menores nas taxas de juros e também a decisão da China de suavizar seu tom sobre as rígidas restrições da Covid-19.

O STOXX 600 SXXP fechou em alta de 0,89%, a 443,96 pontos, seu nível mais alto desde 17 de agosto. O índice ganhou 6,8% em novembro e registrou seu melhor mês desde julho.

PETRÓLEO-Preços têm pouca variação depois que China afrouxa restrições à Covid

Os preços do petróleo fecharam em grande parte mistos, recuando de um rali inicial devido à fraqueza do dólar e às esperanças de melhora na demanda por combustível na China depois que as restrições contra a Covid-19 foram atenuadas em duas grandes cidades chinesas.

Os futuros do Brent BRN1! fecharam em queda de 0,09 dólar, a 86,88 dólares o barril. Já o petróleo dos EUA CL1! (WTI) terminou em 81,22 o barril, alta de 0,67 dólar ou 0,8%.

GRÃOS

O contrato de soja mais ativo ZS1! caiu 39,75 centavos ou 2,7% para 14,2975 dólares por bushel depois de subir para seu nível mais alto desde 21 de setembro na quarta-feira.

O óleo de soja dezembro (BOc1) despencou 9%. Os contratos mais ativos caíram de seu limite diário.

O trigo ZW1! caiu 12,50 centavos para fechar em 7,83 dólares por bushel em meio à forte concorrência dos suprimentos da Rússia e do Mar Negro, e milho ZC1! recuou de 6,50 centavos para 6,605 dólares por bushel.

CAFÉ

O café arábica de março KC2! caiu 4,15 centavos, ou 2,4%, a 1,6575 dólar por libra-peso. O mercado havia subido anteriormente para uma máxima de quatro semanas de 1,7435 dólar.

O café robusta de janeiro RC1! subiu 5 dólares, ou 0,3%, para 1.892 dólares a tonelada.

AÇÚCAR

O açúcar bruto de março SB1! ficou praticamente estável em 19,62 centavos de dólar por libra-peso.

O açúcar branco de março SF1! fechou em 538,40 dólares a tonelada, estável.

Join for free to get the full story
News unlock banner