ReutersReuters

Vendas online da Black Friday nos EUA atingem recorde de US$9 bi, apesar da inflação, diz Adobe Analytics

Os consumidores norte-americanos gastaram um recorde de 9,12 bilhões de dólares online nesta Black Friday, mostrou um relatório divulgado neste sábado, com os compradores resistindo ao aperto da inflação alta e obtendo grandes descontos em itens que vão de smartphones a brinquedos.

Os gastos online aumentaram 2,3% nesta Black Friday, disse o braço de dados e insights da Adobe ADBE, o Adobe Analytics, graças aos consumidores que aguardaram por descontos até os tradicionalmente grandes dias de compras, apesar de as promoções já terem começado em outubro.

O Adobe Analytics, que mede o comércio eletrônico por meio da análise de transações em sites, tem acesso a dados que cobrem compras em 85% dos 100 maiores varejistas da Internet nos Estados Unidos. A companhia previa que as vendas da Black Friday subiriam apenas 1%.

A Adobe espera que a Cyber Monday seja novamente o maior dia de compras online da temporada, gerando 11,2 bilhões de dólares em gastos.

A expectativa era de que os consumidores lotassem as lojas após a pandemia enfraquecer o comércio presencial nos últimos dois anos, mas a manhã da Black Friday foi de lojas com menos tráfego do que o normal com chuvas esporádicas em algumas partes dos EUA.

(Por Deborah Sophia e Maria Ponnezhath)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

Join for free to get the full story
News unlock banner