ReutersReuters

Milho e trigo recuam com dólar firme e preocupações com exportação

Os contratos futuros do milho e trigo na Bolsa de Chicago caíram nesta segunda-feira diante do dólar mais forte e de preocupações com as exportações dos Estados Unidos, disseram analistas.

O dólar avançou em relação à maioria das principais moedas, tornando as commodities dos EUA menos atraentes para os importadores, ao mesmo tempo em que as regras mais rígidas para evitar a Covid-19 na China alimentaram as preocupações com as perspectivas econômicas globais.

Pequim alertou que está enfrentando seu teste mais severo da pandemia de coronavírus.

"Os contratos futuros de milho caíram, já que as exportações continuam sendo uma preocupação, elevadas hoje pelo aumento do índice do dólar", disse a CHS Hedging em nota.

O contrato de milho mais ativo de Chicago ZC1! caiu 6,5 centavos para fechar a 6,6350 dólares o bushel, enquanto o trigo ZW1! caiu 3,75 centavos para 8,1825 dólares o bushel.

A soja ZS1!, por sua vez, fechou em alta de 8,50 centavos a 14,3675 dólares por bushel.

Os preços do petróleo bruto e das ações também recuaram.

(Por Tom Polansek em Chicago, Gus Trompiz em Paris e Naveen Thukral em Cingapura)

((Tradução Redação São Paulo 55 11 56447751)) REUTERS RS

Join for free to get the full story
News unlock banner