ReutersReuters

Operadora portuária CLI conclui compra de terminal da Rumo em Santos

A operadora portuária CLI concluiu nesta segunda-feira o pagamento de 1,4 bilhão de reais para a companhia ferroviária Rumo RAIL3 pelo controle de um terminal de grãos no porto de Santos, segundo a empresa.

O negócio está sendo financiado pela compra de uma participação de 50% na CLI pelo fundo australiano Macquarie Infrastructure Partners, do fundo de private equity IG4.

Em entrevista à Reuters, o CEO da CLI, Helcio Tokeshi, disse que a CLI terá dois membros do conselho indicados pelo Macquarie e dois pelo IG4. O quinto membro será independente.

A compra do terminal em Santos, maior porto da América Latina, mais que dobrará a receita líquida da CLI, para cerca de 470 milhões de reais pro forma neste ano, segundo Tokeshi. O Ebitda atingiria cerca de 390 milhões de reais anuais com a aquisição, disse Tokeshi.

A CLI está avaliando outras potenciais aquisições de terminais de grãos e fertilizantes, disse Tokeshi, que preferiu não detalhar quais são os alvos.

O negócio para vender a participação de 50% na CLI para o Macquarie e a subsequente aquisição do terminal da Rumo foi anunciado em julho.

(Por Tatiana Bautzer)

((Tradução Redação Rio de Janeiro, 5521 2223-7104)) REUTERS MN

Join for free to get the full story
News unlock banner