ReutersReuters

Tempestade tropical Julia deve se tornar furacão na costa leste da América Central

A tempestade tropical Julia deve se intensificar e se transformar em furacão na tarde ou na noite deste sábado, movendo-se na direção da costa leste da Nicarágua, na América Central, afirmou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês).

A tempestade pode causar “ventos com força de furacão e uma perigosa tempestade” nas ilhas colombianas de Providência e San Andrés, na costa caribenha da Nicarágua, apenas uma semana depois do Furacão Ian atingir Cuba e Flórida.

“Julia está um pouco mais forte e deve se tornar um furacão ainda neste sábado”, disse o centro meteorológico. “Enchentes que representam risco de vida e deslizamentos de terra são possíveis por causa das fortes chuvas na América Central até o começo da próxima semana.”

A tempestade tropical está atualmente a 185 quilômetros da ilha de Providência e a cerca de 430 quilômetros da costa da Nicarágua, onde deve chegar no começo da manhã de domingo, de acordo com o centro climático.

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, disse em um tuíte na manhã deste sábado que o país está em “alerta máximo” e pediu que os hotéis fiquem prontos para oferecer refúgio ao povo vulnerável.

Após chegar à terra na Nicarágua, o furacão deve perder força gradualmente e se mover ao norte, pelas costas do Pacífico de Honduras e El Salvador, no domingo e na segunda-feira, disse o NHC. A tempestade pode trazer enchentes ao sul do México no começo da próxima semana.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447753))

Join for free to get the full story
News unlock banner