ReutersReuters

Ações e moedas latino-americanas sobem com menor temor sobre Fed e avanço de commodities

Ações e moedas latino-americanas subiam mais de 1% nesta quinta-feira, em meio a esperanças de possível desaceleração no ritmo de aumentos de juros nos Estados Unidos, enquanto um salto nos preços das principais commodities dava apoio adicional à região, rica em recursos.

Um índice de ações latino-americanas (.MILA00000PUS) avançava 1,7%, enquanto as moedas locais (.MILA00000CUS) ganhavam 1,5%.

O banco central dos EUA promoveu outro aumento de 0,75 ponto percentual nos juros na quarta-feira, mas comentários do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, alimentaram esperanças de moderação do ritmo de aperto monetário no futuro, levando à busca por ativos mais arriscados.

Em outra frente, o Financial Times informou que a China, principal consumidora de metais do mundo, emitirá 1 trilhão de iuanes (148,2 bilhões de dólares) em empréstimos para empreendimentos imobiliários paralisados.

"O estímulo chinês pode ganhar ritmo nos próximos meses e apoiar o crescimento de mercados emergentes, especialmente na América Latina", disse Regis Chatellier, diretor de estratégia de mercados emergentes da Oxford Economics.

Os preços de commodities como cobre, petróleo e minério de ferro subiam à medida que o dólar recuava, pausando um salto recente. Real (BRBY), peso mexicano USDMXN e peso colombiano USDCOP avançavam entre 0,2% e 1%.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

Join for free to get the full story
News unlock banner