ReutersReuters

Ações e moedas latino-americanas avançam com alta das commodities

A maioria das moedas latino-americanas subiu nesta segunda-feira, com o real na maior valorização em 16 meses, na esteira da alta dos preços do minério de ferro, enquanto as ações da América Latina ganharam terreno.

Um dólar mais fraco impulsionou os preços do petróleo, elevando a moeda do México USDMXN, grande exportador da commodity, em 0,4%.

O peso chileno USDCLP chegou ao fim da tarde em expressivo ganho de 1,5%, após um recente rali impulsionado pela intervenção do banco central do país no mercado cambial neste mês.

O real (BRBY) apreciou 2,3%. Os preços dos futuros de minério de ferro no mercado chinês, um dos principais componentes da pauta de exportação do Brasil, estenderam um rali na esperança de uma recuperação econômica na China no terceiro trimestre.

As ações da América Latina (.MILA00000PUS) chegaram ao fim da tarde com ganhos de 1,8%.

A reunião de política monetária do Fed termina na quarta-feira, e os mercados precificam de forma majoritária alta de 75 pontos-base e chance de 9% de elevação de 100 pontos-base.

((Tradução Redação Brasília))

Join for free to get the full story
News unlock banner