ReutersReuters

Moedas se recuperam com alívio global do dólar; peso chileno dispara após ação do BC

O peso chileno chegou a disparar 9,8% nesta sexta-feira, após intervenção do banco central para tirar a moeda de mínimas recordes, enquanto uma pausa no rali do dólar estimulou ganhos na maioria das outras moedas latino-americanas.

A moeda chilena USDCLP estava a caminho de sua melhor sessão da história, depois de o banco central anunciar um programa de intervenção de 25 bilhões de dólares no mercado de câmbio para apoiar a combalida moeda, pressionada pelo dólar forte, pela queda do preço do cobre, principal produto da pauta de exportação chilena, e pela "incerteza local".

O peso ultrapassou 1.060 por dólar pela primeira vez na quinta-feira. A ação do BC o elevou para 971,50 por dólar nesta sexta-feira.

O peso mexicano USDMXN saltava 1,2%, com o dólar mostrando algum alívio no mundo após dois dos mais conservadores formuladores de política monetária do Fed se dizerem favoráveis a outro aumento de 75 pontos-base da taxa de juros, depois que a alta inflação dos EUA turbinou apostas em um movimento de 100 pontos-base neste mês.

Com a recuperação dos preços do petróleo, o peso colombiano USDCOP chegou ao fim da tarde em forte alta de 3%, para 4.349,6 por dólar, recuperando-se ainda mais da mínima recorde de 4.658,02 por dólar atingida nesta semana.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447757))

Join for free to get the full story
News unlock banner