lucasbentosampaio

A interdependência do XLF e do XLE, e a rotação de setores!

Educacional
AMEX:XLF   SELECT SECTOR SPDR TRUST FINANCIAL
Olá Investidores,

Recentemente tenho comentado a rotação de setores que está acontecendo no mercado de capitais dos EUA e, por consequência, do mundo. Essa rotação de setores vem ocorrendo desde o final do ano passado e início desse ano, pela qual os investidores têm realizado o lucro nas ações dos setores da economia que tiveram ganhos com a pandemia, especialmente o setor de tecnologia.

Com isso, estamos presenciando uma situação que não víamos há muito tempo, que é o índice DJI performando melhor que o NDX. Essa situação "sui generis" chegou a seu ápice quando tivemos em alguns dias o DJI subindo forte e NDX caindo bem no mesmo momento.

Por óbvio, existem diferenças na metodologia de composição dos índices que influenciam a sua performance, porém sempre tivermos o DJI como o "patinho feio", o "Rubinho" dos índices americanos, nos últimos andando bem mais devagar que o NDX (tecnologia) e o SPX (que seria a média de mercado).

Esse diferencial de performance entre os índices americanos sempre deixaram uma assimetria negativa em relação DJI, mas a diferença negativa nunca foi tão grande, especialmente em relação ao NDX, como temos agora em decorrência da pandemia.


Assim, os investidores, considerando a forte a perspectiva de vacinação dos EUA , e com isso a reabertura total da economia, passaram a migrar seus investimentos para empresas de setores que estavam "atrasadas" e que ainda tem performance a apresentar, dentre eles, destacam-se o Financial ( XLF ) e Energy ( XLE ).

Nesse ponto, é que se passa a notar a interdependência entre esses setores na economia americana, em termos de performance (apesar de haver diferença percentual), temos que os índices XLF e XLE têm movimentos praticamente idênticos, demonstrando a existência de uma relação entre os setores.

Vale notar que a relação do setor bancário com o preço do petróleo já vem sendo estudado desde 2008, principalmente estudos demonstrando uma dependência do setor financeiro da Rússia e do Oriente Médio em relação ao preço do petróleo.

Essa dependência vem basicamente do alto nível de alavancagem de empresas de petróleo, que possuem empréstimos e outros instrumentos de crédito com os bancos, que, por sua vez, passam a ter em seus balanços um grande risco de crédito vinculado ao setor de energy.

Parece que essa relação de interdependência de energy e financial também alcançou o mercado americano, e os seus índices setoriais parecem demonstrar isso. As empresas petroleiras americanas também possuem alto nível de alavancagem e, por isso, temos uma exposição do setor bancário aos movimentos do próprio petróleo.

Assim, como podemos verificar no gráfico de performance, temos que, em havendo continuidade de aumento no preço do petróleo, havendo a continuidade da rotação dos setores, podemos ver esses setores apresentando ganhos em conjunto e com oportunidades interessantes de investimentos, principalmente nesse primeiro semestre de 2021, fiquem atentos!

Bons investimentos! Até a próxima.

Lucas ₿ento Sampaio - Wall St. Crypto
Certified Technical Analyst by APIMEC (CNPI-T).
Investment Banking Certificate by NYIF.

Telegram Aberto: https://t.me/wstcrypto

Comentários

igual bloomberg terminal
+2 Resposta
@GFauth hehehe, parece mesmo, mas a melhor parte é não ter que pagar $2k por mês!!! #TeamTradingView
Resposta
Início Rastreador de Fundamentos Rastreador Forex Rastreador de Criptomoedas Calendário Econômico Sobre Recursos gráficos Preços Indique um Amigo Regras da Casa Central de Ajuda Soluções para Sites & Corretoras Widgets Soluções em Gráficos Biblioteca de Gráficos Lightweight Blog & Notícias Twitter
Perfil Configurações de perfil Conta e Cobrança Amigos indicados Moedas Meus Tíquetes de Suporte Central de Ajuda Mensagens Privadas Conversa Deslogar