doug_natividade_investing

VINCI SHOPPING CENTERS (VISC11) - VIÉS DE ALTA - LONGO PRAZO

Viés de alta
BMFBOVESPA:VISC11   FII VINCI SCCI ER
VISC11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo. Seus investimentos são destinados majoritariamente em aplicações nos empreendimentos de shoppings.

Fundos de tijolo como VISC11 possuem essa característica pelo motivo de obterem imóveis físicos, podendo o fundo rentabilizar através da compra ou construção para gerar aluguéis ou também ganhar com a venda dos imóveis.

O Fundo Imobiliário possui no momento 15 Shoppings Centers constituído no seu Porftólio.
Notamos que a tendência altista está com dificuldade em romper a resistência, se formando uma lateralização no médio prazo, mas muito notável a linha de tendência altista que se formou no longo prazo, seguindo informações do último relatório de desempenho mensal do mês de outubro, vemos um viés positivo por parte de excelente gestão que o fundo imobiliário possui, Atualmente, o portfólio do Fundo apresenta horário
de funcionamento médio equivalente a 93% do horário usual de funcionamento pré pandemia, enquanto as operações de alimentação e lazer seguem com restrições na maioria dos shoppings. Esse fator, aliado à falta de lançamentos de filmes nos cinemas, acabam por
impactar o fluxo nos shoppings por serem operações importantes de atração de público.

A linha de tendência altista é confirmada com o indicador ICHIMOKU onde, o Senkou Span A (Primeira linha principal na cor azul em forma de linha) está por cima do Senkou Span B (Segundo linha principal na cor vermelha em formato de linha), o suporte está cotado no valor de R$:107,00 BRL e a resistência em R$:118,50 BRL , no qual está demonstrando um viés positivo que há grande possiblidade de ser rompida.
O conhecimento da Teoria de Dow confirma essa tendência altista no longo prazo no qual se formou observando o gráfico em D1.
Através das ondas de Elliot notamos a terceira linha no qual está se seguindo, havendo possibilidade vir a qualquer momento a Correção A,B,C e a continuidade da tendência.

O aluguel das mesmas lojas (SSR) apresentou redução de 18,6% em comparação ao mesmo mês do ano anterior, em função principalmente dos descontos concedidos. No entanto, apresentou um aumento de 14,7 pontos percentuais em relação ao mês anterior, ou seja uma evolução positiva, dando retomada em proventos maiores do que os meses anteriores, havendo ainda oportunidade para está se comprando a um valor muito a baixo da máxima no qual já chegou a custar.

Comentários

Início Rastreador de Fundamentos Rastreador Forex Rastreador de Criptomoedas Calendário Econômico Como Funciona Recursos gráficos Preços Indique um Amigo Regras da Casa Central de Ajuda Soluções para Sites & Corretoras Widgets Soluções em Gráficos Biblioteca de Gráficos Lightweight Blog & Notícias Twitter
Perfil Configurações de perfil Conta e Cobrança Amigos indicados Moedas Meus Tíquetes de Suporte Central de Ajuda Mensagens Privadas Conversa Deslogar