rparao

Padrão na regressão à média no Petróleo

Viés de alta
TVC:USOIL   CFDs em Petróleo Bruto WTI
127 vizualizações
4
No gráfico diário do TVC:USOIL é possível reparar um padrão de impulsão de alta, com uma forte perna de alta com alvo na regressão de Fibonacci entre 1,272 e 1,414. A alta neste padrão veio após o preço cruzar para baixo a média de 200 períodos.

Essa movimentação pode ocorrer nos próximos dias, a indicação de repetição do padrão ocorreria caso o preço cruzasse a MM de 200 de cima para baixo e em sequencia de baixo para cima num espaço de aprox. 3 dias.

Feedbacks!?
Comentário: O padrão parece estar se confirmando com candles de reversão de tendência. Contudo, até o momento não se realizou nenhuma impulsão de alta relevante. Atenção aos indicadores de tendência para conseguir boa entrada.

Comentários

Estou muito interessado no petróleo, andei verificando a liquidez dos futuros de WTI na BMF, o spread é um tanto alto mas é um ativo bem interessante pela volatilidade. Essa rejeição no pivô anual é bem significativa e espero continuidade para baixo, desmontando as posições compradas. Eu gostaria de entrar na venda entre $51-52, com alvo até $42. No longo prazo, concordo com teu alvo altista, perto dos $60.
Resposta
rparao tududu
@tududu, Focando na ideia do preço se segurando na média móvel de 200 no gráfico diário, o alvo vendedor em $42 é pouco provável por estar muito distante dessa MM de 200.
Mas caso isso se realize é provável um fundo duplo nos $42, o que cresceria a expectativa altista ainda mais.

Saindo da análise técnica, a OPEC ta tentando elevar os preços com cortes na produção, mas os EUA mostraram nos últimos dias dados de alto estoque que vão contra essa alta esperada. A produção dos EUA parece não estar se incomodando com nível de preços, na verdade a expectativa de aumento de preços vinda da OPEC os motivam a aumentar a produção. Isto porque os custos de cortar produção e depois retoma-la, para suprir as demandas do crescimento econômico esperado com as medidas do Trump, seriam muito elevados. Nesse cenário a preocupação com a baixa se agrava testando a articulação e poder da OPEC em atingir seus objetivos.

Assim, a bolsa americana, no primeiro movimento é um bom indicador pra medir a confiança dos EUA nas medidas de Trump, e até agora o indicador vem batendo recordes. Mas há correlação positiva entre a bolsa dos EUA e o preço do petróleo, o que deixa tudo ainda mais complexo. O momento é de expectativas.

Acredito que a persistência da baixa, aí voltamos a olhar para as resistências de $42, $39 e por ai em diante, por tempo prolongado é um ponto de grande atenção para os mercados.
Resposta